quarta-feira, 18 de janeiro de 2023

Diplomação de Clarissa sob risco



Investigada por apologia aos atos golpistas em Brasília, que resultaram em depredação ao Congresso, Supremo Tribunal Federal e Palácio do Planalto, a deputada federal eleita Clarissa Tércio (PP) pode ter sua diplomação anulada pelo Tribunal Superior Eleitoral. Se isso ocorrer, as chances de ela vir a ser cassada são enormes.

Sem a diplomação, a deputada não toma posse e, consequentemente, fica mais vulnerável para um processo de cassação, porque a discussão e votação não passam pelo plenário da Câmara dos Deputados, casa extremamente corporativista. O pedido de investigação, feito pela Procuradoria Geral da República, foi enviado ao STF (Supremo Tribunal Federal) no último dia 11. Clarissa é acusada por crime de incitação aos atos de violência e vandalismo registrados em Brasília, no último dia 8 de janeiro.

De acordo com as petições, no dia 8 de janeiro, Clarissa Tércio divulgou, no Instagram, um vídeo fomentando atos de invasão e vandalismo. Na postagem, segundo a PGR, ela publicou um vídeo em que um dos invasores diz: “Acabamos de tomar o poder. Estamos dentro do Congresso. Todo povo está aqui em cima. Isso vai ficar para a história, a história dos meus netos, dos meus bisnetos”.

O Supremo já estava de olho em Clarissa há muito tempo pelo seu alinhamento a Bolsonaro. Ela já posou para foto com armas. Também entrou em uma escola particular no Recife para contestar a atuação de uma professora. Opositores da deputada disseram que ela ingressou no espaço sem autorização da direção para criticar a educadora em razão de uma aula sobre o filósofo alemão Friedrich Hegel.

Nenhum comentário:

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MAX FERRO

MAX FERRO
SANTA CRUZ E SANTA FILOMENA

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER
.