quarta-feira, 19 de outubro de 2022

"A família é uma coisa sagrada. Fico ofendido quando colocam em dúvida nosso respeito à família", diz Lula a evangélicos

 

Ex-presidente divulgou nesta quarta-feira uma carta aos evangélicos, na pela qual se compromete com a liberdade religiosa


O ex-presidente Lula (PT) divulgou nesta quarta-feira (19), durante um encontro com apoiadores evangélicos, uma carta pela qual se compromete a respeitar as religiões e as igrejas em um eventual novo governo.

Lula afirmou ser vítima de uma campanha de mentiras que visam colocar os religiosos contra ele. "As dúvidas que colocam sobre a gente é uma das armas para evitar que a gente possa exercer a tarefa de ganhar a eleição. O Haddad em 2018 sofreu as mesmas acusações que hoje a gente está vendo em determinados setores das igrejas. Isso é triste. Os evangélicos prestam um trabalho social excepcional em muitos lugares desse país. Tem muita gente séria que exerce a função de pastor, para tratar da espiritualidade das pessoas, da fé das pessoas. Uma família quando sai de casa para ir para a igreja não vai para escutar discurso político. A pessoa vai para orar, para assumir mais compromissos com Deus, com sua família". 

Ele aproveitou a ocasião para rebater a fake news do 'banheiro unissex':  "só pode ter saído da cabeça de Satanás". "Inventaram a história do banheiro unissex. Gente, eu tenho família, tenho filha, tenho neta, tenho bisneta. Só pode ter saído da cabeça de Satanás a história de banheiro unissex. A quantidade de mentiras é uma coisa que... Sabe? Sou filho de uma mulher que teve 12 filhos, todos de parto normal, com parteira. Essa mulher criou 12 filhos, quatro morreram. E essa mulher nos ensinou o que é ter amor dentro de casa. Nós éramos oito irmãos, com minha mãe, nove, e mais quatro sobrinhos que vieram de Pernambuco. A gente dormia em 13 pessoas em um quarto e cozinha, e o banheiro era o banheiro do bar. Era o banheiro que as pessoas que ficavam no bar bebendo usavam e a minha família tinha que ir lá naquele banheiro. Podia um bêbado ter ido antes, feito qualquer coisa, e era aquele banheiro que a gente tomava banho, que a gente frequentava. A minha mãe nunca nos ensinou a ter qualquer coisa de raiva ou de ódio. A minha mãe sempre acreditava que as coisas iam melhorar. Em dezembro a gente ficava em casa, a gente não tinha dinheiro para comer pizza, mas a gente tinha a tal da Missa do Galo. Minha mãe fazia a gente ficar acordado até meia noite para a gente ir na Missa do Galo. Eu fui criado subordinado à orientação de uma família".

Nenhum comentário:

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MAX FERRO

MAX FERRO
SANTA CRUZ E SANTA FILOMENA

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER
.