terça-feira, 30 de agosto de 2022

Queda de R$ 2,14 na gasolina em dois meses traz alívio, mas consumidor espera mais redução

 


Após o projeto que fixou teto de 18% para o ICMS sobre os combustíveis e três reduções de preço autorizadas pela Petrobras nas distribuidoras, o valor da gasolina teve uma queda de R$ 2,14 por litro nos postos do país em dois meses.

Desde a semana de 19 a 25 de junho, quando o litro da gasolina atingiu o maior preço, R$ 7,39, o valor já caiu 28,9% e ficou abaixo dos R$ 5 em alguns postos.

preço médio na última semana, entre os dias 21 a 27 de agosto, foi de R$ 5,25. Já o valor mínimo foi de R$ 4,19 e o máximo, de R$ 7, segundo dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

O valor máximo pago no litro do combustível chegou a R$ 8,99 na primeira semana de maio, conforme levantamento da agência. 

Para saber como a queda na gasolina no último mês impactou o consumidor, o R7 visitou postos em São Paulo em que o combustível estava abaixo de R$ 5. 

Redução aliviou, mas preço ainda não é o ideal

A queda do valor cobrado pelo combustível ajudou os consumidores a cortar custos, mas a diminuição ainda não foi suficiente. “O preço da gasolina ainda não está bom, não chegou ao valor de antes. O ideal seria o álcool no valor de uns R$ 3 e a gasolina, R$ 4,20”, afirma o taxista José Pereira Neto, de 61 anos. De acordo com ele, desde que o preço do combustível disparou neste ano, foi necessário ampliar sua jornade de trabalho, que chega a ser de até 11 horas por dia. 

Com o corte na alíquota do ICMS, Cláudio Oliveira, operador logístico, de 59 anos, esperava ver uma queda maior do preço nas bombas. “Eu já cheguei a pagar a gasolina a R$ 7,28 neste ano, agora pago em média R$ 5,14. Estou economizando uns R$ 150 por mês, mas seria melhor se os postos cobrassem uns R$ 4,80. Gostei que a gasolina baixou, mas deveria ter uma restrição, todos os postos deveriam ter o mesmo valor, que muda muito. Eu acho que o preço poderia baixar um pouco mais, porque houve uma queda no imposto e a porcentagem foi maior, o repasse deveria ser mais proporcional”, afirma.

O motorista de aplicativo Ricardo Araújo, de 52 anos, diz que “qualquer economia neste momento ajuda, mas a gasolina precisa baixar mais”. “A redução dá uma aliviada nos gastos, mesmo que o percentual de economia seja pequeno, passei a ter uns 15% de lucro a mais. O combustível é 30% do que eu ganho por dia, somado a taxa da plataforma, dá mais da metade do que eu ganho”, completa. 











Nenhum comentário:

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MAX FERRO

MAX FERRO
SANTA CRUZ E SANTA FILOMENA

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER
.