terça-feira, 21 de junho de 2022

Procuradora espancada por colega revela que 'tinha medo' dele e se diz 'desrespeitada como mulher'; VÍDEO

 


A procuradora-geral agredida por um colega de trabalho dentro da Prefeitura de Registro, no interior de São Paulo, detalhou os momentos de tensão vividos no ambiente profissional e revelou que "tinha medo" de uma possível violência por parte do agressor.

A agressão teria sido motivada pela abertura de um processo administrativo contra o procurador por conta de sua postura no ambiente de trabalho.

Conforme apurado pelo g1, Gabriela Samadello Monteiro de Barros, de 39 anos, é a procuradora chefe do agressor Demétrius Oliveira Macedo, de 34 anos, também procurador. O autor do crime chegou a ser conduzido ao 1º Distrito Policial (DP) do município, onde um boletim de ocorrência (BO) sobre o caso foi registrado, mas foi liberado na sequência.

"Eu tinha medo, sim. Tinha medo de que fosse acontecer isso, mas não imaginava que fosse ser uma violência física, achava que fosse um ‘bate boca’, uma discussão", relata a profissional, em entrevista à TV Tribuna, emissora afiliada à Rede Globo.

Gabriela estava trabalhando quando foi surpreendida pelo ataque de Macedo. Segundo consta no BO, ele a agrediu primeiro com uma cotovelada na cabeça e continuou com socos no rosto.








Nenhum comentário:

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MAX FERRO

MAX FERRO
SANTA CRUZ E SANTA FILOMENA

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER
.