quarta-feira, 22 de junho de 2022

Polícia acata acusação e influenciador Super Odair é indiciado por importunação sexual

 

Após mais de um mês, a Polícia Civil de Pernambuco decidiu indiciar o influenciar digital Odair José, conhecido como Super Odair, pelo crime de importunação sexual. No mês passado, o artista agiu contra a liberdade sexual da vítima Raiza Ximenes, chegando a agredi-la, e fugiu do local onde aconteceu o fato após a jovem reagir para se defender.

O crime de importunação sexual está previsto no artigo 215-A do Código Penal. De acordo com a lei, o crime consiste em “praticar contra alguém e sem a sua anuência ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro”. A pena para este crime é de um a cinco anos de reclusão.

A denúncia feita contra o influencer previa uma tentativa de estupro, no entanto, o delegado que conduziu o caso entendeu que as lesões causadas pelo agressor não foram uma tentativa de continuar o ato sexual forçado, mas sim uma lesão corporal independente.

De acordo com o advogado da vítima, Sátiro Ferraz, foram apresentadas mais de 50 folhas de provas contra o acusado. Além disso, dezenas de outras vítimas do artista se prestaram a dar seus depoimentos em desfavor do influenciador. Segundo Sátiro, ele deve continuar como assistente de acusação e vai buscar incluir o crime de lesão corporal, além da importunação sexual.

Nas redes sociais, Raiza se emocionou ao relatar o caso e lembrar das dúvidas que foram colocadas sobre ela após denunciar o caso. “Muita gente duvidou das minhas manchas nas pernas. Mas está tudo provado agora. Eu tinha umas manchas antigas na perna, antes do acontecido, e muita gente duvidou, embora eu tenha explicado várias vezes que a perícia consegue fazer essa avaliação de lesões antigas”.

Além disso, a jovem disse que a única coisa que fez foi buscar justiça. “É provável que mesmo com um documento oficial, comprovando que eu estava falando a verdade, muita gente vai duvidar. Mas agora meu coração está em paz porque temos um documento oficial comprovando a minha versão”.

Sobre a acusação de Odair em desfavor de Raiza, acusando-a de lesão corporal e tentativa de homicídio, o delegado entendeu que a vítima agiu em legítima defesa e não acatou a acusação contra a jovem.

Agora, após a conclusão, o inquérito segue para o Ministério Público, que pode seguir uma de três posições diferentes: denunciar os indiciados (formalizar a acusação), pedir mais investigações à Polícia Civil ou arquivar o caso.

Advogados de Odair

Em resposta, os advogados que representam o influenciador, através do advogado Paulo Brito, afirmaram que tudo ocorreu dentro da lei. “Após as investigações do inquérito, o estupro foi desconfigurado, sendo desclassificado pra importunação sexual. A lesão corporal não foi comprovada. Ficando a cargo da justiça apurar e julgar se houve ou não a importunação sexual“.

Além disso, o advogado afirmou que foi requerido pela defesa que fosse apurado o fato da jovem ter “tentado furar Odair com uma faca dentro do apartamento, bem como, o fato de ela ter corrido atrás dele com uma faca“.

Paulo afirmou ainda que “quando a defesa for intimada da decisão, daremos maiores esclarecimentos a imprensa“.

Inf. Waldiney Passos

Nenhum comentário:

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MAX FERRO

MAX FERRO
SANTA CRUZ E SANTA FILOMENA

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER
.