terça-feira, 15 de junho de 2021

Caso Beatriz: Polícia Civil analisa material genético em suspeito no Piauí

 


Lucinha Mota, mãe da menina Beatriz Angélica Mota – assassinada brutalmente a facadas aos 7 anos de idade, em dezembro de 2015 no Colégio Maria Auxiliadora, em Petrolina – gravou um vídeo na tarde dessa segunda-feira (14) em suas redes sociais, falando sobre o acompanhamento da prisão de um suspeito de ser o assassino de Beatriz, na cidade de Canto do Buriti (PI).

Lucinha anunciou que há oito dias os policiais do estado do Piauí e da Polícia Civil de Pernambuco, estão investigando todas as características do suspeito. Ele já foi identificado como foragido por outros crimes, também foi coletado material genético para ser avaliado, mas ainda não há a confirmação sobre ser, ou não, o assassino de Beatriz.

“Mais uma luta até que saiam todos os resultados. Peço que continuem denunciando. Estamos dando atenção para todas as denúncias, estamos indo em cada cidade, em cada estado, que as pessoas estão realizando as denúncias. Nos ajude, continue denunciando, vamos capturar o assassino de Beatriz”, declarou Lucinha Mota.

Inf. Carlos Britto

Nenhum comentário:

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MAX FERRO

MAX FERRO
SANTA CRUZ E SANTA FILOMENA

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER
.