terça-feira, 28 de julho de 2020

Vereador Carlos Romeiro (MDB) lamenta aprovação de projeto de autoria do executivo. “O intuito de ferrar com os servidores municipais”



A bancada da situação na câmara de vereadores de Santa Cruz (PE), Sertão de Pernambuco, aprovaram ontem (27) o projeto de lei de autoria do executivo que obriga o servidor público municipal o desconto de 14% no salário os que ganham um alto salário no município e os que ganham apenas um salário mínimo. A bancada da oposição não pensou duas vezes e votaram imediatamente contra o projeto.
Para o vereador Carlos Romeiro (MDB/PE), o projeto ferrar com o servidor municipal. “A câmara de vereadores da cidade de Santa Cruz reuniu-se para votar um projeto de lei do executivo ( leia-se prefeita Eliane Soares ) com o intuito de ferrar com os servidores municipais, obrigando ao desconto de 14 % sobre o seu salário, desde aqueles que recebem 1 salário mínimo aos que ganham o maior salário do município. Usou o pretexto de adequar a previdência social aprovado pelo senado. A grande diferença é que o plano federal adotou uma tabela diferenciada onde quem ganha menos paga menos e quem ganha mais paga mais. Imagine um servidor de salário mínimo descontar 14 % para a previdência: este dinheiro vai fazer falta na compra do gás, no pagamento do aluguel e na feira de alimentos”, comentou o líder da oposição.

O vereador afirma ainda que a prefeita não teve piedade do servidor. “A prefeita não teve piedade, fez isso para cobrir a má gestão do fundo de previdência e em nenhum momento pensou no servidor público e nas suas famílias. Fica aqui o meu protesto conta este ato desumano”, disparou Carlos.
O parlamentar explica como será a nova tabela de desconto. "Na nova tabela de descontos da previdência para servidor público federal, quem ganha um salário mínimo desconta apenas 7,5 % para previdência. No caso dos servidores públicos de Santa Cruz o desconto será igual para todas as faixas salariais. Exemplo: Servidor público federal que ganha 1.045 reais vai pagar 7,5 % de previdência = 78,37 reais. Servidor do município de Santa Cruz que ganha 1.045 reais vai pagar 14% de previdência = 140 reais. Alguém acha que a prefeita de Santa Cruz junto com os vereadores que dão apoio a todas suas maldades pensam nos servidores que ganham menos? Tenho certeza que durmo tranquilo por ter votado contra esse projeto que penaliza nossos servidores e suas famílias. Este ano tem eleição e seu voto pode mudar essas injustiças”, conclui Romeiro.
Quem votou a favor do projeto da prefeita:
CLEDJANE TAVARES
LUCIANO NUNES
GUNEGUNDES FILGUEIRA
CICINHA DE ROMERO
TELVANDO E  MARIA DE ZÉ DO FRANCO
Os vereadores que votaram contra este projeto e que defenderam uma contribuição menor para os servidores que ganham menos foi os vereadores
NALDO AMARAL ,
JOSÉ ÍON
VEREADOR DR CARLOS .
Blog do Fábio Cardoso

Nenhum comentário:

..

..
.

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MAX FERRO

MAX FERRO
SANTA CRUZ E SANTA FILOMENA

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER
.