sexta-feira, 10 de abril de 2020

Em Santa Cruz PE, moradores recebem bênção do Santíssimo após transmissão de Missa no Santuário da Venerada

Missa do Lava-pés faz homenagem em época de pandemia

     
Sem poder reunir fieis durante a pandemia, a Paróquia da Venerada Santa Cruz, celebrou nesta quinta dia (09) Santa Missa, momento que marca o dia da ultima Ceia de Jesus Cristo. Celebrada por o Reitor e Administrador Paroquial Padre José Porfírio, que transmitiu a palavra através da Rádio Cultura e Facebook, na Missa de Lava-pés, foram simbolicamente representada os doze apóstolos em cadeiras vazias com homenagens aos diversos profissionais e cidadãos: caminhoneiros, motoristas, corpo de pombeiro, policiais, governantes, voluntários, desempregados, famílias, idosos, crianças, presidiários, desabrigados, médicos, pesquisadores, coveiros, agentes funerários, enfermeiros, técnicos, pacientes do coronavírus, familiares, religiosos (a) e equipe de limpeza.

Vereador Dr. Carlos Romeiro na companhia da esposa Santinha, percorreu a cidade trasportando o Padre Porfírio com o Santíssimo e coroinhas.   

Logo após o Padre percorreu ruas e avenidas em carro aberto com o Santíssimo, abençoando as famílias que estão em quarentena. Devido a suspensão de missa com a presença da comunidade, a Paróquia tem levado a Fé aos fiéis por maio da internet e radio local durante a pandemia do novo coronavírus.  As missas presenciais, no entanto, ainda não têm data para voltarem ao normal.   

PROGRAMAÇÃO PARA O FINAL DE SEMANA

SEXTA FEIRA SANTA

A Sexta-Feira Santa, a Igreja celebra a morte de Cristo, seguido de seu sepultamento (cf. Mt 26,30-27, 65). 


É o único dia do ano em que a Igreja Católica no mundo inteiro não celebra missas e nenhum sacramento. “Celebração solene liturgia da Palavra, na qual se adora a Cruz de Jesus e se reza pela Igreja e pelo mundo (Oração Universal). 


A Paixão, Morte e Sepultamento do Senhor. É o Servo Sofredor de quem nos lembra o profeta Isaías, que diz que tudo se realiza na pessoa de Jesus Cristo. A própria cerimônia tem preces universais pela Igreja e é marcada especialmente pelo beijo da Cruz. O grande gesto de amor de Jesus Cristo é lembrado também através das celebrações da Via Sacra, procissões, caminhadas, encenações no meio de comunidades e paróquias, dentro de igrejas e principalmente pelas ruas. Além de todo o relato da Paixão e Morte do Senhor, com a Via Sacra, a Procissão do Senhor Morto, à noite, lembra as figuras de Maria e Nicodemos, junto de mais alguns discípulos, que levaram o corpo de Jesus da cruz até a sepultura. 


A procissão pode ser silenciosa, para que nos unamos a todas as pessoas que hoje sofrem com a perda dos filhos, entes queridos e passam por este mesmo sofrimento. Dia do Silencio a noite e todo dia do sábado e interiorização, a Sexta-Feira Santa caracteriza-se pela reflexão sobre o amor incondicional de Jesus Deus por nós. 


Porque nos ama com um amor eterno, Jesus assume até as últimas consequências o anúncio da Boa Nova da Salvação, inclusive sendo condenado apesar de inocente, e morrendo na cruz, embora tenha passado entre nós fazendo apenas o bem (cf. at 10,38).



SÁBADO SANTO OU SÁBADO DE ALELUIA


O sábado durante o dia o silêncio deve acontecer, terceiro dia do tríduo Pascal, é um dia de silêncio, sem celebração eucarística e em que muitos mantêm ou até mesmo intensificam o Jejum iniciado na sexta-feira.


Nesse “dia repousa-se” com Jesus, que está no sepulcro, depois de ter “vivido” com ele a sua agonia crucificação e morte. Vigília Pascal a mãe de todas as vigílias, na madrugada do Domingo de Páscoa da Ressurreição, a Igreja celebra a alegre espera da Ressurreição do Senhor. 


Ela fica em vigília, isto é, atenta para Ressurreição, e a aguarda com tanta expectativa, que já a celebra, alegrando-se imensamente com a vitória da vida sobre a morte, do dia sobre a noite, da luz sobre as trevas. Nessa celebração, realiza-se o rito do fogo e do Círio (no início da Vigília), o anúncio da Ressurreição, a proclamação das leituras bíblicas (liturgia da Palavra), o rito batismal e como complementação a liturgia Eucarística.


20h (oito da noite) Vigília Pascal  e benção do Fogo Novo, Entrada do Santuário cada Família acende uma Vela na janela de sua Casa ou na Porta e participa através da Rádio Cultura Novo tempo.



DOMINGO DA RESSURREIÇÃO OU DOMINGO DE PÁSCOA

A Igreja vibra de alegria que Jesus ressuscitou e estar vivo, o tumulo vazio, da surpresas e da alegria dos discípulos ao terem as primeiras notícias de que, no poder do Pai, o Filho vencera a morte para sempre (Mt cf. 281-20). É o domingo dos domingos, isto é o domingo que dá origem a todos os outros domingos do ano litúrgico. Todo domingo, a partir do Domingo da Ressurreição, e celebração da vida nova. “Cristo Ressuscitou dentro os mortos, como primícias dos que morreram. Com efeito, se um homem veio a morte, por um homem vem a ressurreição dos mortos assim como em Adão todos morreram, assim em Cristo todos viverão” (1Cor 15,20-22).


No mundo inteiro se preparam para celebrar, nestes próximos três dias, o Tríduo Pascal. “A Semana Santa, de modo especial, o Tríduo Pascal, é o centro de toda a celebração litúrgica anual, momento alto em que se celebra a Paixão, Morte e Ressurreição do Senhor”. designa-se à preparação para a maior festa da Igreja, que é a Páscoa.

Inf/Fotos: Gerisvan Tavares




























Nenhum comentário:

..

..
.

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MAX FERRO

MAX FERRO
SANTA CRUZ E SANTA FILOMENA

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER
.