sábado, 10 de agosto de 2019

Viga de 55 toneladas cai sobre caminhão e mata duas pessoas



Dois homens morreram após uma viga de concreto de 55 toneladas cair sobre um caminhão que transportava contêineres na última quinta-feira (8). O Corpo de Bombeiros só conseguiu retirar os corpos cerca de 12 horas depois.

O acidente aconteceu no Rio de Janeiro-RJ, em rua da Avenida Brasil. Segundo testemunhas, a viga recém-instalada estava em uma altura reduzida, mais baixa que o normal. O motorista do caminhão, Adeir dos Anjos Peixoto, de 62 anos, tentou sair de ré, mas toda a estrutura acabou desabando sobre a cabine do veículo. Adeir e o auxiliar Deivid Sangi da Costa, de 29 anos, não resistiram.

Prefeitura culpa caminhoneiro

A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Habitação divulgou uma nota no início da madrugada. O texto cita uma norma padrão que trata dos gabaritos de obras. “Em vias expressas ou estruturais, esse gabarito é de 5,80 metros. Já nas vias arteriais, o caso dessa, o gabarito é de 4,80 metros”, detalhou.

Segundo a secretaria, a viga atendia às normas técnicas vigentes. No entanto, a altura do caminhão somava 4,30 metros – 1,40 m da base mais 2,90 m do contêiner – meio metro abaixo do limite especificado. Ou seja: inicialmente, não é possível afirmar que o motorista do veículo tenha cometido irregularidade. Não havia, também, nenhuma placa sinalizando a altura do viaduto.

Adeir dos Anjos Peixoto, de 62 anos, e Deivid Sangi, 29 anos, vítimas da queda da viga — Foto: Reprodução/TV Globo

O genro de Adeir, Flávio Silva, falou sobre a má sinalização. “Instalaram essas vigas há pouco tempo. [Ficou] muito mais baixo que o viaduto normal. E não sinalizaram”, afirma.

O Corpo de Bombeiros demorou cerca de 12 horas para serrar a estrutura do caminhão e içar as partes até conseguir remover dali o primeiro corpo. 

Jornal de Brasilia

Nenhum comentário:

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MAX FERRO

MAX FERRO
SANTA CRUZ E SANTA FILOMENA

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER
.

.

.
,