quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Com um sertanejo no comando: Programa Água para Todos tem regularizado o abastecimento d’água em Pernambuco

Uma esperança real de redenção do povo pernambucano no quesito abastecimento d'água. Assim é o Programa Água para Todos, do Governo de Pernambuco,  que tem como meta atender a 47 mil famílias do estado com 1.175 sistemas simplificados, além da construção e recuperação de mais de 440 barragens mecanizadas, atendendo 22 mil propriedades voltadas à agricultura familiar.
No programa serão investidos, até 2014, R$ 183,9 milhões de recursos federais, dos quais , R$ 24 milhões de contrapartida do Governo do Estado. Todo esse investimento visa à regularização do abastecimento d'água, através de reservatórios e rede de distribuição, e tem como alvo prioritário os assentamentos e as comunidades quilombolas e indígenas.
Só em Petrolina já estão sendo beneficiados os Assentamentos Lindolfo Silva (onde o sistema está sendo energizado), Água Viva 2 (com melhoria no sistema de adução, tratamento e reservação), Esperança e Curimatá. A reportagem do blog foi ver de perto a obra em dois assentamentos. No Esperança o programa vai beneficiar 23 famílias e no Assentamento Curimatá dezenas de pessoas beneficiadas com uma adutora de quatro quilômetros de extensão.
O Água para Todos é coordenado pela Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária. O secretário da pasta, Ranilson Ramos, está empenhado no projeto e acompanha de perto as ações nos 184 municípios de Pernambuco. Por ser sertanejo, Ranilson conhece as necessidades dos moradores do sertão, área mais prejudicada pela longa estiagem, e o seu trabalho vem ganhando reconhecimento do governador Eduardo Campos.

Na Paraíba, provas do Enem estão guardadas sob vigilância do Exército

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão aplicadas no sábado (3) e domingo (4). Na Paraíba, 141.519 candidatos se inscreveram para o exame que acontece às 13h horário de Brasília. As provas já estão no estado e sob a vigilância do Exército Brasileiro.
A Paraíba tem o quinto maior número de inscritos do Nordeste, segundo dados do Ministério da Educação. As mulheres serão maioria dos participantes do Enem e corresponderão a 59% do total de inscritos do Brasil. Serão 3.416.435 concorrentes contra 2.374.855 homens (41%).
No sábado serão aplicadas as provas de ciências humanas e ciências da natureza, e no domingo, matemática, linguagens e redação. Vinte e seis caixas contendo os exemplares dos testes chegaram à Paraíba na sexta-feira (26) e se encontram guardadas em uma sala do 15º Batalhão de Infantaria Motorizado (BIMtz), instalado no bairro Cruz das Armas.
O local é gradeado, fechado com cadeados e ainda está sendo monitorado por circuito interno de câmeras, que funciona durante as 24 horas diárias. As imagens são gravadas e armazenadas em um banco de dados. Só existem duas cópias das chaves que dão acesso ao local e apenas as equipes do Ministério da Educação e do comando da unidade militar podem entrar na sala.
Segundo o comandante do 15º BIMtz, coronel Reinaldo Salgado, os exames vieram de Pernambuco e foram escoltados por um comboio da Polícia Rodoviária Federal até chegarem a João Pessoa. Do batalhão, só sairão no dia que antecede o início do Enem e seguirão direto para os locais de prova.
A iniciativa de entregar ao Exército a responsabilidade de guardar os exemplares do Enem foi adotada pelo Governo Federal desde o ano passado, com o objetivo de evitar o vazamento das questões, como ocorreu em anos anteriores. Além da Paraíba, outros que aplicarão o teste já receberam as provas desde a semana passada. O material também está sendo guardado nas unidades militares.
Os exames estão sendo enviados pelo Instituto Nacional de Pesquisas e Estudos Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão do Ministério da Educação, responsável pela realização dos testes. Segundo a entidade, a distribuição dos cadernos de questões começou no dia 26 deste mês. Cerca de 11,5 milhões de exemplares da prova percorreram 9.728 rotas para chegar a 1.612 municípios diferentes, em que serão aplicados os testes.
O material foi dividido em 45 mil malotes. Quase 450 mil fiscais do Enem e 72 unidades do Exército Brasileiro foram mobilizados para atuar nos trabalhos. Além deles, equipes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária e Polícia Militar também auxiliaram nas atividades. Ao todo, 5.791.290 pessoas participarão do exame, no país. Do G1.

Perfil médio do vereador eleito é homem, casado e com ensino médio

Levantamento realizado pelo G1, com base nos dados da Justiça Eleitoral, aponta que o perfil médio dos mais de 57 mil vereadores eleitos em 7 de outubro é formado por homens, casados, de 43 anos, com ensino médio completo e que já ocupam uma vaga na Câmara Municipal.
Ao todo, 10.483 candidatos declararam que são vereadores por profissão. Eles representam 18,2% do total de eleitos, seguidos dos servidores públicos, com 7.291 representantes eleitos (12,7% do total), e dos agricultores, com 6.366 (11%).
Partidos
O partido que mais elegeu vereadores em 2012 foi o PMDB, com 7.958. O número equivale a 13,8% do total de eleitos. Em segundo lugar, aparece o PSDB, com 5.275 (9,1%), seguido do PT, com 5.187 (9%). Informações do G1/Daniel no Blog.

Casas Bahia abrem primeira loja em Pernambuco







A rede Casas Bahia abriu as portas de sua primeira loja em Pernambuco, no Recife, ontem (30). A loja funciona no primeiro piso do também recém-inaugurado Rio Mar Shopping, no bairro do Pina (Zona Sul do Recife). O empreendimento possui uma área de 1.700 metros quadrados, em um investimento de R$ 2,2 milhões. A filial conta com 46 colaboradores. Até o fim do ano, outra loja deve ser aberta em Petrolina, no Sertão do São Francisco. Já na capital, a rede pretende abrir mais quatro lojas, nos próximos meses. A abertura de um centro de distribuição no Recife também está em análise.

Ao todo, a região Nordeste já possui 44 estabelecimentos. O grupo pretende inaugurar cerca de 40 lojas por ano, das quais cerca de 70% devem ser instaladas na Região. O foco está nas cidades que possuem mais de 100 mil habitantes. Para cada nova loja construída, as Casas Bahia investem aproximadamente R$ 2 milhões.

Os empreendimentos no Nordeste contribuem com 2% do faturamento das 941 unidades, das Casas Bahia e Pontofrio (outra rede abrigada pela holding Via Varejo, que também responde pelas Casas Bahia). “A meta é ampliarmos esse faturamento local para 10%, nos próximos dois anos, considerando os bons números econômicos do Nordeste e os investimentos por aqui”, completa Michael Klein, presidente do conselho de administração da holding.

Bebidas alcoólicas clandestinas podem conter substâncias tóxicas, aponta estudo da Unifesp

Imagem divulgação/net
São Paulo – Uma pesquisa feita com amostras de bebidas alcoólicas clandestinas, como cachaças de alambique, uísques falsificados e licores artesanais, de sete municípios de São Paulo e Minas Gerais apontou a presença de substâncias tóxicas como cobre, metanol e carbamato de etila. O estudo foi feito pelo Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid), da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), com apoio parcial do Icap (International Center for Alcohol Policies). Além do Brasil, participaram da pesquisa países como Rússia, China, Índia, México e Sri Lanka.
Para as análises brasileiras, foram consideradas 65 amostras de bebidas (51 somente de cachaças) colhidas nas cidades de São Paulo e Diadema, município localizado na região metropolitana de São Paulo, durante o ano de 2010. Dessas, 61 foram obtidas entre consumidores e vendedores informais. O restante foi pego diretamente com produtores. “Coletamos principalmente as [bebidas] que achávamos que eram falsificadas, porque percebíamos claramente que eram falsas. Quando tinham rótulos, não tinham selo de garantia do Ministério da Agricultura e os preços eram muito baixos”, explicou Elisaldo Carlini, professor do Cebrid e coordenador do estudo.
Outras 87 amostras (63 apenas de cachaças) foram obtidas em cinco cidades de Minas Gerais, entre elas a capital Belo Horizonte, além de cidades famosas pela produção de cachaça como Passa Quatro e Salinas. As bebidas foram colhidas entre 2011 e 2012, em bares, festas e vendedores de rua.
Os resultados do estudo foram apresentados hoje (30) na capital paulista durante um simpósio sobre o assunto. De acordo com Carlini, um dos elementos tóxicos encontrados nas amostras foi o metanol, tipo de álcool altamente tóxico e que, se ingerido, pode causar cegueira e até levar à morte, explicou o professor.
Entre as amostras mineiras, em 25 do total de 87 garrafas foi encontrado metanol, mas nenhuma das amostras ultrapassou o limite permitido de 200 partes por milhão (ppm), disse Carlini. Das amostras paulistas, 24 das 54 que foram levadas para análise apresentaram o álcool tóxico, mas apenas uma amostra de vinho registrou índice acima do limite legal.
Outro elemento presente nas bebidas foi o cobre, que pode prejudicar a absorção de minerais no organismo. O elemento foi encontrado em 11 amostras de São Paulo e em 15 das mineiras. Algumas  estavam muito acima do limite legal, de 5 ppm, chegando a 26 ou 27 ppm.
O carbamato de etila, um agente cancerígeno, também estava presente em 65 das 87 bebidas de Minas Gerais. “Em algumas amostras, [a concentração] era tão grande que dava para saber que estava exagerado”, concluiu o pesquisador.
Outra irregularidade constatada foi que a concentração alcoólica de 27 das 51 amostras de São Paulo e de 30 das 63 amostras de Minas Gerias ficaram abaixo do que determina a lei. “Ficamos surpresos. Não sabemos se isso é ruim ou se é bom, nós só sabemos que não está legal”.
Além de analisar as bebidas, o estudo ouviu 430 adultos do estado de São Paulo e 564 de Minas Gerais. Os participantes eram, majoritariamente, homens com idades entre 18 e 30 anos, e nível de escolaridade entre nível médio e superior. A ampla maioria dos entrevistados, 60,1% dos mineiros e 96,3% dos paulistas, declarou consumir álcool.
O tipo de bebida mais frequente foi a cerveja, seguido pelo vinho. A cachaça ficou em terceiro lugar como a mais consumida em Minas Gerais e em quarto entre as preferidas dos paulistas. As razões apontadas pelo estudo para esse alto consumo de cachaça foram o baixo preço e o fácil acesso à bebida.
Fernanda Cruz
Repórter da Agência Brasil

Gasta que é nosso

 Não é preciso circular pelos suntuosos edifícios do Congresso, pisar em seus excelentes carpetes, conversar com os milhares de assessores que por ali pululam, indignar-se com tamanha variedade de vantagens e mordomias: agora, basta conferir o estudo da organização Transparência Brasil que mostra que os parlamentares brasileiros são os mais caros do mundo. Um parlamentar italiano custa anualmente R$ 3,9 milhões; um francês, R$ 2,8 milhões.

Já o brasileiro custa aos nossos bolsos R$ 10,2 milhões por ano. E são 594, entre deputados e senadores.

A sangria não para por aí. Cada deputado distrital brasiliense custa, por ano, R$ 10 milhões. As Assembleias estaduais são caras? As Câmaras de Vereadores também: no Rio e em São Paulo, cada vereador custa R$ 5 milhões por ano.

CARLOS BRICKMANN/Magno Martins

Aproximação de Temer com ACM Neto irrita Dilma



Festa. Em comemoração pela vitória, ACM Neto entrega o primeiro pedaço de bolo ao senador José Agripino Maia
Foto: O Globo / Ailton de Freitas
Em comemoração pela vitória, ACM Neto entrega o primeiro pedaço de bolo ao senador José Agripino Maia - O Globo / Ailton de Freitas
As declarações do prefeito eleito de Salvador, ACM Neto, de que o vice-presidente Michel Temer seria seu principal interlocutor junto ao governo federal, irritaram a presidente Dilma Rousseff. Deputado do DEM, Neto derrotou justamente a tese pregada por seu adversário, Nelson Pelegrino (PT), de que era necessário Salvador ter um prefeito alinhado ao governo federal. Para tentar eleger o candidato petista, Dilma e Lula foram à capital baiana e fizeram duros discursos contra Neto.
Aliados de Temer avaliam que o vice pouco poderá fazer se a presidente ficar contra o auxílio a Salvador — o que Dilma tem dito que não fará em relação a nenhum prefeito ou governador. Neto voltou nesta terça-feira à Câmara dos Deputados, onde é líder do DEM, e foi recebido com festa e muita comemoração dos funcionários e companheiros de partido. Para minimizar o problema e não criar problemas com o Palácio do Planalto, antes de assumir a prefeitura, minimizou a crise: ''Vou procurá-la (Dilma), quero fazer a interlocução diretamente com ela'', afirmou ao chegar ao Congresso.  (De O GLOBO/Magno Martins)

Aprovado projeto que define prazo para que SUS inicie tratamento de pessoas com câncer

Brasília - O plenário do Senado aprovou ontem (30) projeto que estabelece prazo máximo de 60 dias para o início do tratamento de pacientes com câncer pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Se o caso for grave, o prazo pode ser menor, segundo o texto.
O projeto original, do Senado, previa apenas o pleno acesso dos pacientes a medicamentos e analgésicos à base de ópio para os casos em que a doença provoque dor intensa. Mas, na Câmara, foi aprovado substitutivo ao texto que amplia a matéria incluindo o prazo máximo para início do tratamento e a obrigatoriedade de que os estados desenvolvam planos de oncologia para instalar serviços especializados.
A relatora da matéria, senadora Ana Amélia (PP-RS), elogiou que o projeto tenha sido aprovado ao mesmo tempo em que se encerra o Outubro Rosa, movimento pela prevenção e tratamento do câncer de mama. Na opinião dela, a nova lei irá beneficiar as mulheres que sofrem com a doença.
O projeto prevê a quimioterapia, a radioterapia ou cirurgia, como o tratamento previsto dentro do prazo. O texto segue agora para sanção presidencial.
Mariana Jungmann
Repórter da Agência Brasil

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Acidente vascular cerebral é a doença que mais mata no Brasil

O acidente vascular cerebral (AVC) é uma a doença que mais mata no Brasil. Segundo o Ministério da Saúde, o número de mortes pelo AVC chega a quase 100 mil pessoas. Em 2000 foram 84.713 óbitos, passando para 99.726 em 2010.

Nesta segunda-feira (29), no Dia Mundial do Acidente Vascular Cerebral (AVC) é importante ressaltar os cuidados que devem ser adotados para a prevenção da doença: controle da pressão arterial, da taxa de glicose no sangue e do colesterol. Além disso, é necessário manter uma dieta balanceada, fazer exercícios físicos e não fumar nem ingerir bebidas alcoólicas.

A neurologista da Academia Brasileira de Neurologia, Gisele Sampaio, disse que se medidas saudáveis forem adotadas as chances de se ter um AVC ou qualquer outra doença relacionada aos fatores de risco como hipertensão, diabetes, colesterol alto e tabagismo são mínimas. "Além de obter hábitos mais saudáveis, é importante fazer um companhamento médico regular. Caso os sintomas sejam identificados, procure um atendimento médico o mais rápido possível", alertou.

Para diminuir a mortalidade e ampliar a assistência das vítimas do AVC, o Ministério da Saúde investirá até 2014 R$ 437 milhões no Sistema Único de Saúde (SUS). Desse total, R$ 370 milhões vão financiar leitos hospitalares. Também serão investidos recursos na incorporação e oferta do medicamento usados no tratamento. No Brasil, mais de 200 hospitais estão preparados para atender pacientes com AVC.

Fonte: Agência Brasil/N10

Homem morre após ser apedrejado em Paulista

Um homem morreu no Hospital da Restauração (HR) após ser agredido a pedradas no bairro de Maranguape, em Paulista, Região Metropolitana do Recife, na noite dessa segunda (29). Alex Arruda da Silva sofreu a violência por motivos desconhecidos.

A vítima foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Paulista e depois encaminhada para o Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, área central do Recife, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo será encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, também na área central do Recife.

Jovem de 17 anos tenta se jogar do alto de uma torre no interior de Bodocó

foto ilustração/net
As 03h da madrugada de domingo (28), o policiamento de Bodocó tomou conhecimento por populares, que no Povoado de Sipauba, mais precisamente no topo da torre da Agência do correio, encontrava-se um indivíduo ameaçando em se jogar.
De imediato a viatura se deslocou e constatou que o adolescente, das iniciais R.F, 17 anos, solteiro, se encontrava no topo da citada torre, ameaçando, realmente em se jogar. A Guarnição entrou em contato com os pais do mesmo, e eles relataram que se trata de um adolescente problemático.
Após uma hora de negociação, os policiais conseguiram convencer que o mesmo descesse. Logo após o adolescente e seu pai foram encaminhados a Delegacia de Policia Civil de Ouricuri. (Cariri Filho)

Mais de 2 mil PMs farão segurança para provas do Enem neste final de semana em Pernambuco

A segurança para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que acontecerá neste sábado e domingo (dias 3 e 4/11) em Pernambuco terá o reforço de 2.020 homens da Polícia Militar. O efetivo é maior que o empregado ano passado, quando 1.776 homens foram destacados para a tarefa. Eles farão a escolta das provas até os 528 prédios que serão usados no Estado, situados em 74 cidades, além de permanecer nesses locais enquanto o exame estiver sendo realizado.
Parte deles acompanhou, sexta-feira passada (26), a distribuição para o interior pernambucano dos malotes com os testes. Cem toneladas de provas estavam guardadas desde quarta-feira no 14º Batalhão de Logística do Exército, que fica em Afogados, Zona Oeste do Recife.
O esquema de segurança do Enem é feito por meio de um convênio entre o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame, e a Secretaria de Defesa Social (SDS). "Teremos 2.020 policiais convocados para trabalhar no Enem. Na prática, como há escala e alguns atuam nos dois dias, serão 2.865 plantões", explica o tenente-coronel Josué Limeira, coordenador em Pernambuco da segurança do Enem. Ano passado, foram 2.600 plantões durante a avaliação. O tenente-coronel ressalta que a população deve ficar tranquila, pois o efetivo que faz a segurança do Estado não será mexido.
Cinco cidades do interior funcionarão como polos, abrigando provas do Enem antes, durante e depois da avaliação: Caruaru e Garanhuns, no Agreste, e Arcoverde, Salgueiro e Petrolina, no Sertão. "Do Recife saíram sexta-feira malotes com provas para quartéis da PM de Caruaru, Arcoverde e Salgueiro. Há outros malotes que estão no 72º Batalhão de Infantaria do Exército, em Petrolina. Parte deles seguiu para um quartel do Exército de Garanhuns", explica o tenente-coronel Limeira. Todo o transporte dos testes é feito pelos Correios. Com informações do JC Online.

Mudança climática torna chuvas do Pacífico Sul imprevisíveis, diz estudo

As alterações que a mudança climática devem provocar nos padrões das ilhas do Pacífico Sul serão extremas e imprevisíveis, segundo um estudo publicado neste domingo pela edição online da revista científica "Nature Climate Change".
As chuvas na região devem ser afetadas de duas maneiras opostas. Por um lado, o aumento na temperatura tende a aumentar o volume de chuvas localmente. Por outro, a evaporação da água dos oceanos será alterada.
A simulação conduzida pela equipe de Matthew Widlansky, do Centro Internacional de Pesquisas do Pacífico, na Universidade do Havaí, nos EUA, mostrou que a região equatorial passará a receber mais chuva, o que pode causar seca nas ilhas mais ao sul.
Com a simulação, os cientistas concluíram que a coincidência entre os dois fatores cria um cenário em que é muito difícil prever as precipitações de chuva.
A região do Pacífico Sul, na Oceania, é composta por arquipélagos como Tonga, Fiji e Samoa. Essas ilhas, muito baixas e vulneráveis às mudanças do oceano, também sofrem com a ameaça do aumento do nível do mar, outra possível consequência do aquecimento global. Do Globo Natureza.
(Daniel no Blog)

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

40 toneladas de gás carbônico a mais na atmosfera e papel suficiente para fazer 20 milhões de livros são o saldo negativo das eleições 2012

Você tem ideia de quanto lixo uma eleição produz? Quanto se gasta com a propaganda eleitoral impressa? Pois um juiz auxiliar do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fez as contas. E chegou a uma conclusão: A propaganda eleitoral é cara e agride o meio ambiente. Só com combustível, até o primeiro turno das eleições, foram gastos 54 milhões de litros, o que significa quase 40 toneladas de gás carbônico a mais na atmosfera.
E não é só. Nos quase três meses de propaganda eleitoral nas cidades, partidos e candidatos investiram alto em propaganda eleitoral impressa. Até a segunda parcial de contas apresentada ao TSE, mais de R$ 300 milhões haviam sido gastos só com papel e publicidade em jornais e revistas. O juiz auxiliar da presidência do TSE, Paulo de Tarso Tamburini, explica que isso equivale a mais de 20 milhões de livros ou cadernos que poderiam ser feitos ou a mais de 20 bilhões de folhas tamanho A4. Ou ainda 417 mil árvores cortadas.
Após a campanha, a propaganda eleitoral impressa é jogada no lixo ou nas ruas. Esse é um dos principais problemas que se vê no período eleitoral: a sujeira nas cidades. Os números são de assustar: só no dia do primeiro turno, foram coletadas na cidade do Rio de Janeiro 324 toneladas de lixo eleitoral (30 toneladas a mais em relação ao mesmo período de 2008).
O líder do PV na Câmara, deputado Sarney Filho (MA), lamenta que não haja compromisso dos demais partidos com a limpeza das cidades e com o meio ambiente. Ele afirma que o PV fez com que os candidatos do partido a cargo majoritário assumissem o compromisso de governo e de campanha de usar material reciclável, de não jogar papel na rua e de não distribuir os chamados "santinhos". Ele acredita que a maior parte dos candidatos do PV cumpriu esse acordo. Sarney Filho defende uma mudança na legislação que evite cenas como as que ele viu em São Luís, capital do Maranhão. "No dia da eleição, tinha locais em que você não via o chão, de tanto papel, de tanto santinho."
Para o presidente da Subcomissão de Resíduos Sólidos da Câmara e da Frente Parlamentar da Reciclagem, deputado Adrian (PMDB-RJ), falta fiscalização e punição para os partidos e candidatos. O deputado afirma que o País precisa evitar que o lixo eleitoral aumente e que as cidades fiquem mais sujas a cada eleição. "Nós temos que ter uma eleição limpa."
O juiz eleitoral Paulo de Tarso Tamburini espera que o estudo sobre o impacto ambiental da propaganda eleitoral ajude os partidos e candidatos a mudar a forma de fazer a propaganda eleitoral no Brasil. "Esse é o nosso objetivo, fornecer dados concretos e estatísticos para que se reflita como se pode alterar a propaganda eleitoral ou como se pode tratar a propaganda eleitoral de maneira que esse impacto ambiental seja diminuído". Da TV Câmara/Daniel no Blog.

Ouvi no rádio: Grande Rio FM denuncia máfia das carteiras de habilitação em Petrolina


No programa Nossa Voz de Hoje (29), ouvintes denunciaram a existência de um esquema de compra de carteiras de habilitação. O crime teria a conivência do CIRETRAN Petrolina/Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (DETRAN-PE) e de algumas autoescolas da cidade.
Segundo a denúncia de populares, que preferiram não se identificar, qualquer um pode pagar para ser aprovado no exame prático. De acordo com os relatos, a pessoa se inscreve na autoescola, assiste às aulas, faz o teste teórico e, se aprovado, passa para as aulas práticas. E é nessa etapa que o crime começa. Durante as aulas, segundo os delatores do esquema, os próprios instrutores oferecem uma maneira mais fácil e segura de tirar a habilitação.
Mediante a um pagamento, que varia entre R$ 200 a R$ 400, o aluno não precisa fazer todas as aulas práticas e, no dia do exame teórico (realizado no pátio do CIRETRAN de Petrolina), o aluno que aceita a proposta não precisa nem subir na moto para ser aprovado. Ao chegar ao CIRETRAN já está aprovado com a carteira de Habilitação A (para motos). E quanto à prova de carro (Habilitação B), o aluno entra no carro e recebe "uma mãozinha" dos avaliadores do DETRAN-PE.
Se confirmado o esquema de venda de habilitação, a população de Petrolina pode começar a entender por que tantos acidentes, principalmente envolvendo motociclistas, acontecem na cidade.


ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MAX FERRO

MAX FERRO
SANTA CRUZ E SANTA FILOMENA

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER
.

.

.
,