sábado, 25 de junho de 2022

Miguel Coelho anuncia pré-candidata a vice na chapa do União Brasil no próximo dia 30

 

O pré-candidato ao governo de Pernambuco pelo União Brasil, Miguel Coelho, vai anunciar na próxima quinta-feira (30) o nome da pré-candidata a vice-governadora na chapa encabeçada pelo partido. A confirmação veio na noite desta quinta-feira (23), em Petrolina, durante um breve bate-papo com a imprensa local no Pátio de Eventos Ana das Carrancas.

O pré-candidato informou que o anúncio da vice ocorrerá num evento no Recife. Já em relação à vaga do senado, Miguel diz que vai esperar até o final de julho, próximo ao prazo limite das convenções, para definir.

Queremos fazer algo diferente. Vamos organizar um ato para que possamos trazer as mensagens, a biografia, a história e as características dessa grande mulher que vai construir conosco uma caminhada rumo à mudança em Pernambuco“, completou Miguel Coelho.


Covid-19: Nota Técnica reitera importância da manutenção de aulas presenciais

 


A Fiocruz divulgou, nesta sexta-feira (24), uma nota técnica sobre a manutenção das atividades presenciais nas escolas diante de um contexto que ainda é de pandemia. 

O grupo de trabalho (GT) formado por pesquisadores da Fundação que elaborou a nota técnica reitera a importância da manutenção de aulas presenciais, resguardado o afastamento de casos positivos e de sintomáticos respiratórios, enfatiza que é necessário ter disponibilidade de testes para Covid-19 na comunidade escolar e recomenda que seja dada prioridade à vacinação (doses de reforço) aos trabalhadores da educação. 

Ainda de acordo com o documento, situações identificadas como agravos associados à Covid-19 devem ser referenciadas para as equipes de atenção primária à saúde, vinculadas a unidades básicas de saúde. Os pesquisadores ressaltam que as escolas são equipamentos seguros e essenciais, por serem promotoras e protetoras da saúde. 

“Decorrido todo este tempo de convivência com períodos de maior ou menor transmissão do Sars-CoV-2, pode-se afirmar que as atividades presenciais nas escolas não têm sido associadas a eventos de maior transmissão do vírus”, afirmam os pesquisadores. Segundo o GT, “a detecção de casos nas escolas não significa necessariamente que a transmissão ocorreu nas escolas. Em sua maioria os casos são adquiridos nos territórios e levados para o ambiente escolar. Nesse sentido, a experiência atual, comprovada por estudos científicos de relevância, revela disseminação limitada da Covid-19 nas escolas”.

De acordo com a nota, pelas características da doença, padrão de disseminação nas diferentes faixas etárias e efeitos da vacinação, é possível afirmar que a transmissão de trabalhadores para trabalhadores é mais frequente do que a transmissão de alunos para trabalhadores, trabalhadores para alunos ou alunos para alunos. 

Portanto, aconselham os pesquisadores, medidas de proteção devem ser adotadas em todos os ambientes escolares, com priorização das estratégias direcionadas à redução da transmissão entre trabalhadores (por exemplo: espaços de convívio e ênfase no rastreio de casos e contatos).

A nota destaca que foi identificado um maior uso de autotestes após a liberação no Brasil. No entanto, chama a atenção para o difícil controle de sua execução correta, bem como as dificuldades de notificação, embora reconheça que os autotestes têm sido importantes para o isolamento precoce dos casos.

O documento lembra que o controle da pandemia resultou, em 2022, na retomada plena das atividades presenciais nas escolas, constatando as consequências e prejuízos pedagógicos e psicossociais da pandemia Covid-19. 

Assim, é imperativo buscar reconstruir as rotinas escolares e seus projetos pedagógicos. A nota afirma que, no atual momento epidemiológico, não são recomendadas novas interrupções das atividades escolares.

Os pesquisadores sublinham, porém, que “com o inverno, as viroses respiratórias têm sua incidência aumentada. É necessário rever os protocolos para melhor gerenciar os riscos. Assim, atenção especial à ventilação dos ambientes, higiene das mãos e uso de máscara nos sintomáticos leves devem ser incentivados. Essas medidas são importantes para todas as viroses respiratórias”.

O documento informa que em 21 de junho o Brasil apresentava 77,8% com ciclo completo de vacinação da população total e 85,5% para a população elegível acima de 5 anos. No entanto, somente 46% com ciclo completo (todas as doses de reforço) da população total e 55% da população vacinável com reforço acima de 12 anos. 

Na faixa etária entre 5 e 11 anos há 13.056.571 (63,69%) de crianças com a primeira dose e somente 7.967.345 (38,86%) com a segunda dose, números aquém do necessário para uma imunização coletiva completa. Segundo os pesquisadores, essas informações revelam um maior risco para internação, gravidade e morte relacionadas aos não vacinados completamente.

“É necessário um avanço nas taxas de vacinação, para que possamos proteger toda população e tentar reduzir a taxa de transmissão. Alguns países iniciaram a vacinação para crianças a partir do sexto mês de idade e, com isso, aumentam a cobertura vacinal, principalmente em bebês e crianças como população fortemente carreadora do vírus Sars-CoV-2. Apesar de a vacina não ser esterilizante, no sentido de eliminar o vírus completamente, além de proteger o vacinado contra as formas graves da doença ela reduz a carga viral do contaminado. O Brasil precisa avançar na vacinação para as doses de reforço para as populações mais vulnerabilizadas e definir a vacinação para a faixa etária acima dos seis meses, como forma de reduzir a carga viral circulantes nas escolas e em outros ambientes”, reforça a nota técnica.

O GT da Fiocruz é um grupo constituído em setembro de 2020 com o objetivo de orientar o retorno, o mais seguro possível, às atividades escolares presenciais na condição da pandemia de Covid-19, sempre avaliando o contexto epidemiológico, o avanço da cobertura vacinal e priorizando a vigilância em saúde como tripé fundamental nessa orientação. 

Os diversos documentos publicados pelo grupo desde então refletem os diferentes momentos e contextos epidemiológicos enfrentados, desde a condição de não retorno presencial até o retorno integral proporcionado pela ampla cobertura vacinal, queda na mortalidade e redução no número de casos.

Prefeitura de Santa Cruz PE realizará Inauguração em escola de Cacimba Nova



Neste sábado, dia 25, a Prefeitura de Santa Cruz entregará mais uma importante ação aos estudantes.  A reforma e ampliação da Escola Claudemiro Alves Guimarães,  um espaço muito mais amplo e confortável. O evento iniciará as 18h30, haverá apresentações de quadrilhas e muita animação.


quinta-feira, 23 de junho de 2022

MPF recomenda que hospital de Santa Catarina realize aborto legal em menina de 11 anos



O Ministério Público Federal (MPF) está apurando a conduta do Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago no atendimento de uma menina de 11 anos vítima de estupro. O hospital, localizado em Florianópolis, disse que só faria o procedimento com autorização judicial. Nesta quarta-feira (22), a procuradora Daniele Cardoso Escobar expediu uma recomendação para o hospital realizar o aborto legal.


"A realização de procedimentos de interrupção da gestação nas hipóteses de aborto legal [termo usado no meio médico para definir o procedimento nos casos autorizados por lei], a serem praticados por médico, independentemente da idade gestacional e peso fetal, sendo desnecessária qualquer autorização judicial ou comunicação policial", diz trecho. O MPF deu prazo de até às 12h de quinta-feira (23) para que o hospital responda à solicitação.

A negação da unidade ao procedimento previsto em lei segue uma norma técnica do Ministério da Saúde, segundo informações do The Intercept. O documento intitulado Prevenção e tratamento dos agravos resultantes da violência sexual contra mulheres e adoslescentes tem caráter de orientação e recomenda que o prazo para o procedimento ocorrer seja de 20 a 22 semanas de gestação.

No entanto, o mesmo documento diz que a realização do procedimento em casos de estupro não é condicionada à decisão judicial. "A lei penal brasileira também não exige alvará ou autorização judicial para a realização do abortamento em casos de gravidez decorrente de violência sexual", diz. A nota ressalta ainda que o mesmo serve para o Boletim de Ocorrência Policial e para o laudo do Exame de Corpo de Delito e Conjunção Carnal, do Instituto Médico Legal. "Não há sustentação legal para que os serviços de saúde neguem o procedimento caso a mulher não possa apresentá-los", informa um trecho.

Em nota enviada ao Correio, o hospital informou que não é possível se manifestar porque o caso corre em segredo de justiça. "Ao longo desses anos, recebemos crianças e adolescentes, provenientes de todo o Estado de Santa Catarina, para realizar interrupção legal da gestação em decorrência de estupro de vulnerável. Quando ocorre de ultrapassar o limite da idade gestacional estabelecido pelo protocolo para conduzir o procedimento, orientamos a família a recorrer judicialmente para assegurar esse direito.", diz a nota.

A menina de 11 anos foi mantida em um abrigo
A criança vítima de estupro foi mantida em um abrigo de acolhimento em Tijucas, para a afastar do autor do abuso sexual e também para impedir o procedimento de aborto legal. O caso foi divulgado pelo The Intercept e a juíza Joana Ribeiro Zimmer sugeriu que ela "suportasse “ficar mais um pouquinho com o bebê”. 

A juíza saiu do caso, mas não devido a repercusão do episódio. Ela foi promovida e transferida da 1ª Vara Cível de Tijucas, a 50km de Florianópolis — onde corre o processo pela violência contra a criança —, para Brusque. O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) investigará a postura da magistrada no caso.

Confira a íntegra da nota do HU-UFSC/Ebserh:
O HU-UFSC/Ebserh não repassa informações sobre procedimentos relacionados ao prontuário de pacientes atendidos no hospital, em respeito ao sigilo das informações e à privacidade do paciente. Além disso, manifestações, no momento, não são possíveis porque o caso corre em segredo de justiça. O Hospital Universitário (HU/UFSC/Ebserh) é referência para o município de Florianópolis para a interrupção legal da gestação e desde 2005 segue as Portarias e normas técnicas definidas pelo Ministério da Saúde.

Ao longo desses anos, recebemos crianças e adolescentes, provenientes de todo o Estado de Santa Catarina, para realizar interrupção legal da gestação em decorrência de estupro de vulnerável. Quando ocorre de ultrapassar o limite da idade gestacional estabelecido pelo protocolo para conduzir o procedimento, orientamos a família a recorrer judicialmente para assegurar esse direito. Realizamos inúmeros encaminhamentos ao poder judiciário que, normalmente, defere o pedido com agilidade, compreendendo a complexidade e urgência da situação.

No entanto, há situações, pontuais, cuja conduta do poder judiciário não corresponde à expectativa da equipe assistencial do HU em atender as demandas de saúde na sua integralidade. É importante destacar que o procedimento de aborto legal no HU depende desta autorização da justiça quando ultrapassa as 20 semanas e 00 dias. O MP não baseou seu pedido no parecer da equipe especializada do HU-UFSC.

Em todas as circunstâncias o HU buscou garantir a assistência em saúde e os direitos humanos à criança, ofertando assistência à saúde, e avaliação da equipe multidisciplinar em relação à melhor conduta para a situação.

Esta instituição, que é uma das únicas do Estado de Santa Catarina a oferecer um serviço de aborto legal, sempre trabalhou com intuito de assegurar o direito das mulheres.



PRF impõe sigilo de 100 anos ao Caso Genivaldo



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) impôs sigilo de 100 anos no Caso Genivaldo. As informações são do Metrópoles, que solicitou acesso ao processo administrativo, com base na Lei de Acesso à Informação (LAI). A PRF alega que se trata de “informação pessoal”, o que faz o sigilo ser de no máximo 100 anos.

Genivaldo foi morto em 25 de maio, ao ser colocado em uma “câmara de gás” improvisada em uma viatura da PRF. Ele conduzia uma moto sem capacete e foi abordado pelos agentes Clenilson José dos Santos, Paulo Rodolpho Lima Nascimento, Adeilton dos Santos Nunes, William de Barros Noia e Kleber Nascimento Freitas, em Sergipe.

Via Lei de Acesso à Informação (LAI), o Metrópoles solicitou a quantidade, os números dos processos administrativos e acesso à íntegra dos autos já conclusos envolvendo os cinco agentes que assinaram o boletim de ocorrência policial daquele dia.

A primeira resposta recebida pelo Metrópoles foi no dia 20 de junho, com a recusa da PRF em informar o número de processos administrativos contra os agentes. Contudo, a posição contraria entendimento da Controladoria-Geral da União (CGU), que já se manifestou a favor da divulgação do teor de procedimentos concluídos.

Sebastião Oliveira abre as portas do Avante para expulsos do PSB

 


Por André Luis

Nesta quarta-feira (22), ao compartilhar em suas redes sociais uma foto durante encontro com o prefeito de Machados, Juarez Rodrigues Fernandes, o Juarez da Banana – que teve o processo de expulsão iniciado pelo PSB por declarar apoio a pré-candidata ao Governo do Estado, Marília Arraes (Solidariedade), o deputado federal e pré-candidato a vice-governador, Sebastião Oliveira, abriu as portas do seu partido, o Avante para os que estão sendo expulsos do PSB.

“Durante o encontro de hoje com o prefeito de Machados, Juarez da Banana, informei que ele e todos os perseguidos e expulsos do PSB encontrarão as portas do Avante abertas. Disse a Juarez que será uma honra tê-lo no time que vai ajudar Marília Arraes a transformar a vida dos pernambucanos para melhor, a partir de 2023”, legendou a foto Sebá, como também é conhecido.

Ainda na legenda da postagem, Sebá informou que manteve conversas com o prefeito de Chã Grande, Diogo Alexandre; os vereadores Eudes Farias (Paulista), Zé Maria do Gás (Pombos), Luciano de Jucati (Jucati), Elias do Aleg

quarta-feira, 22 de junho de 2022

Prefeitura de Santa Cruz PE festejará São João, com Inauguração em escola de Cacimba Nova

 


No próximo sábado, dia 25, a Prefeitura de Santa Cruz entregará mais uma importante ação aos estudantes.  A reforma e ampliação da Escola Claudemiro Alves Guimarães,  um espaço muito mais amplo e confortável. O evento iniciará as 18h30, haverá apresentações de quadrilhas e muita animação.












Aneel aprova aumento de até 64% nas taxas extras cobradas na conta de luz

 


A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (21) os novos valores de bandeira tarifária, montante que é cobrado de forma adicional na conta de luz de acordo com as dificuldades de geração de energia.

A proposta aprovada traz aumentos da ordem de 60% nos valores das bandeiras tarifárias amarela e vermelha 1. O valor da bandeira amarela terá aumento de 59,5%, de R$ 1,874 a cada 100 quilowatts (kWh) consumidos para R$ 2,989. Já a bandeira vermelha 1 vai de R$ 3,971 para R$ 6,500 a cada 100 kWh, alta de 63,7%. O patamar mais caro da bandeira, a vermelha 2, passou de R$ 9,492 a cada 100 kWh para 9,795, aumento de 3,2%.

A diretora-geral interina Camila Bonfim ressaltou que, apesar dos aumentos, os patamares seguem abaixo da chamada bandeira “Escassez Hídrica” que foi adotada entre agosto de 2021 e abril deste ano para bancar os altos custos de geração diante da escassez hídrica vivenciada no período. O patamar extraordinário resultou em cobrança extra de R$ 14,20 a cada 100 kWh consumidos.

Polícia acata acusação e influenciador Super Odair é indiciado por importunação sexual

 

Após mais de um mês, a Polícia Civil de Pernambuco decidiu indiciar o influenciar digital Odair José, conhecido como Super Odair, pelo crime de importunação sexual. No mês passado, o artista agiu contra a liberdade sexual da vítima Raiza Ximenes, chegando a agredi-la, e fugiu do local onde aconteceu o fato após a jovem reagir para se defender.

O crime de importunação sexual está previsto no artigo 215-A do Código Penal. De acordo com a lei, o crime consiste em “praticar contra alguém e sem a sua anuência ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro”. A pena para este crime é de um a cinco anos de reclusão.

A denúncia feita contra o influencer previa uma tentativa de estupro, no entanto, o delegado que conduziu o caso entendeu que as lesões causadas pelo agressor não foram uma tentativa de continuar o ato sexual forçado, mas sim uma lesão corporal independente.

De acordo com o advogado da vítima, Sátiro Ferraz, foram apresentadas mais de 50 folhas de provas contra o acusado. Além disso, dezenas de outras vítimas do artista se prestaram a dar seus depoimentos em desfavor do influenciador. Segundo Sátiro, ele deve continuar como assistente de acusação e vai buscar incluir o crime de lesão corporal, além da importunação sexual.

Nas redes sociais, Raiza se emocionou ao relatar o caso e lembrar das dúvidas que foram colocadas sobre ela após denunciar o caso. “Muita gente duvidou das minhas manchas nas pernas. Mas está tudo provado agora. Eu tinha umas manchas antigas na perna, antes do acontecido, e muita gente duvidou, embora eu tenha explicado várias vezes que a perícia consegue fazer essa avaliação de lesões antigas”.

Além disso, a jovem disse que a única coisa que fez foi buscar justiça. “É provável que mesmo com um documento oficial, comprovando que eu estava falando a verdade, muita gente vai duvidar. Mas agora meu coração está em paz porque temos um documento oficial comprovando a minha versão”.

Sobre a acusação de Odair em desfavor de Raiza, acusando-a de lesão corporal e tentativa de homicídio, o delegado entendeu que a vítima agiu em legítima defesa e não acatou a acusação contra a jovem.

Agora, após a conclusão, o inquérito segue para o Ministério Público, que pode seguir uma de três posições diferentes: denunciar os indiciados (formalizar a acusação), pedir mais investigações à Polícia Civil ou arquivar o caso.

Advogados de Odair

Em resposta, os advogados que representam o influenciador, através do advogado Paulo Brito, afirmaram que tudo ocorreu dentro da lei. “Após as investigações do inquérito, o estupro foi desconfigurado, sendo desclassificado pra importunação sexual. A lesão corporal não foi comprovada. Ficando a cargo da justiça apurar e julgar se houve ou não a importunação sexual“.

Além disso, o advogado afirmou que foi requerido pela defesa que fosse apurado o fato da jovem ter “tentado furar Odair com uma faca dentro do apartamento, bem como, o fato de ela ter corrido atrás dele com uma faca“.

Paulo afirmou ainda que “quando a defesa for intimada da decisão, daremos maiores esclarecimentos a imprensa“.

Inf. Waldiney Passos

terça-feira, 21 de junho de 2022

Procuradora espancada por colega revela que 'tinha medo' dele e se diz 'desrespeitada como mulher'; VÍDEO

 


A procuradora-geral agredida por um colega de trabalho dentro da Prefeitura de Registro, no interior de São Paulo, detalhou os momentos de tensão vividos no ambiente profissional e revelou que "tinha medo" de uma possível violência por parte do agressor.

A agressão teria sido motivada pela abertura de um processo administrativo contra o procurador por conta de sua postura no ambiente de trabalho.

Conforme apurado pelo g1, Gabriela Samadello Monteiro de Barros, de 39 anos, é a procuradora chefe do agressor Demétrius Oliveira Macedo, de 34 anos, também procurador. O autor do crime chegou a ser conduzido ao 1º Distrito Policial (DP) do município, onde um boletim de ocorrência (BO) sobre o caso foi registrado, mas foi liberado na sequência.

"Eu tinha medo, sim. Tinha medo de que fosse acontecer isso, mas não imaginava que fosse ser uma violência física, achava que fosse um ‘bate boca’, uma discussão", relata a profissional, em entrevista à TV Tribuna, emissora afiliada à Rede Globo.

Gabriela estava trabalhando quando foi surpreendida pelo ataque de Macedo. Segundo consta no BO, ele a agrediu primeiro com uma cotovelada na cabeça e continuou com socos no rosto.








João Gomes lota o Parque Três Vaqueiros na primeira noite do São João de Araripina

 




A primeira noite de São João em Araripina, no Sertão de Pernambuco, foi de muita alegria. A primeira atração a subir ao palco foi Ruan Tavarez, que misturou vários estilos musicais. Depois foi a vez Danilo Pernambucano levar o som do forró para animar o público no Parque Três Vaqueiros.E ainda teve Diego Souza – pisadinha de luxo, com o piseiro para todo mundo dançar a vontade.

O parque já estava lotado quando começou a última atração da noite e a mais espetado, o cantor João Gomes. E ele não desapontou, caprichou no repertório e fez o público soltar a voz. E mesmo com a chuva, o público continuou cantando e curtindo o show.

Os shows no Parque Três Vaqueiros vão até o próximo sábado em Araripina. Durante as cinco noites cerca de 20 atrações devem se apresentar. De acordo com os organizadores do evento, pelo menos 30 mil pessoas são esperadas a cada noite de festa. (G1 Petrolina)

A Lei Maria da Penha em Cordel - Por Samya Abreu

Corpo de mulher é a 4ª vítima encontrada após incêndio em residência no Projeto Maria Tereza

 


A mulher que estava desaparecida, após uma residência pegar fogo no Projeto Maria Tereza, na Zona Rural de Petrolina acabou sendo encontrada pela polícia dentro da casa.

O casal e as crianças, que tinham apenas um e seis anos, moravam no local há cerca de 4 meses e agora a polícia enviou uma nota, alegando que iniciou uma investigação mais minuciosa sobre o ocorrido. Confira:

“A Polícia Civil de Pernambuco informa que a delegacia de Polícia da 213ª Circunscrição está investigando um incêndio que ocorreu, na manhã desta segunda-feira (20), na Zona Rural, em Petrolina, que vitimou um adulto e duas crianças. Foi identificado também o corpo de uma mulher junto às crianças. Será realizada perícia para a identificação”.


Blog do Edenevaldo Alves

segunda-feira, 20 de junho de 2022

Pai e filhos morrem queimados em Petrolina (PE)

 


A polícia segue com as buscas para encontrar a mulher apontada como acusada do incêndio que vitimou o companheiro e os dois filhos do casal. O fato ocorreu no R4, no Projeto Maria Tereza, em Petrolina (PE).

O fato ocorreu na noite deste domingo (19), e a pessoa teria ateado fogo na casa, sem deixar sair o homem e as crianças, de um e a outra de seis anos.

Blog do Edenevaldo

Mutirão no Cruzeiro da Serra de Frei Damião em Santa Cruz PE

Marília Arraes é a primeira pré-candidata ao Governo do Estado a fechar a chapa

 

Em coletiva de imprensa neste domingo, a chapa de Marília foi fechada com o deputado federal Sebastião Oliveira na vice da pré-candidata

Por André Luis 

Após a confirmação do deputado federal Sebastião Oliveira (Avante) na vice da também deputada federal e pré-candidata ao Governo do Estado Marília Arraes (Solidariedade) em coletiva de imprensa no Hotel São Cristóvão, Serra Talhada neste domingo (19), Marília é a primeira entre os pré-candidatos ao Governo de Pernambuco a fechar a chapa para o pleito deste ano.

A chapa encabeçada por Marília tem como pré-candidato ao Senado o deputado federal André de Paula (PSD) e na vice o deputado federal Sebastião Oliveira (Avante), que desembarcou da Frente Popular.

Colada com Lula – Mesmo não tendo o apoio declarado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pois o PSB não admitiu palanque duplo no Estado, na coletiva deste domingo ficou claro que Marília não abrirá mão de colar a sua imagem a de Lula, que tenta voltar ao comando do país no pleito deste ano. O painel instalado no local mostrava as fotos de Sebastião Oliveira, Lula, Marília Arraes e André de Paula juntos.

Alianças – Marília Arraes destacou a aliança que está sendo construída com André de Paula e Sebastião Oliveira. Ela citou as alianças feitas por seu avô, Miguel Arraes e a aliança entre Lula e Geraldo Alckmim – históricos adversários políticos.

“Muitas vezes precisamos procurar pessoas que não pensam como a gente, mas que estão alinhadas no mesmo sentimento. Dessa maneira, aqui estamos construindo em Pernambuco todos esses caminhos que foram construídos por Arraes e por Lula”, afirmou Marília.

“Vamos continuar buscando a nossa maior aliança que é a aliança com o povo de Pernambuco. Pernambuco não tem dono, não tem senhor além do nosso Deus”, destacou Marília ainda falando sobre as alianças que estão sendo feitas em torno do seu projeto.

Perseguição – Segundo Marília muitos prefeitos e líderes políticos do Estado não podem votar em quem querem por medo de perseguição. “Pernambucano é um povo altivo, o povo está andando de cabeça baixa. Há o medo de perseguição. Se o prefeito vota contra, o dinheiro não chega no município. Mas quem é o mais prejudicado? É o povo. Essa unidade que construímos mostra a nossa intenção, mostra que vamos trabalhar para o povo de Pernambuco”, disse Marília. 

Apoio a Lula – “Eles estão querendo dizer que Lula tem o apoio exclusivo deles. E eu pergunto, quem quer que Lula ganhe rejeita apoio? Quem a gente puder unir, agregar para o lado do presidente Lula, nós vamos arregimentar. Eles vão mudando ao sabor do vento. Aqui não, sempre estive com Lula no bom e no ruim”, destacou Marília.

O vice – Falando sobre a escolha de Sebastião Oliveira para ocupar a vice no seu palanque, Marília lembrou que Sebá conhece Pernambuco e as suas dificuldades e destacou o seu trabalho na Câmara a favor do estado. “Com vontade política a gente consegue resolver os problemas de todas as regiões do estado”, afirmou Marília.

Liberdade – Em sua fala, Sebastião Oliveira disse se sentir um homem livre. Na última sexta-feira, quando fui entregar os cargos ao governador Paulo Câmara e o prefeito do Recife, João Campos, senti que tirei um grande peso das minhas costas. Me senti um homem livre. O ciclo, de um tempo pra cá, se tornou vicioso onde uma sigla faz de tudo inominável para se manter no poder”, destacou Sebastião.

Sebá também destacou que a chapa não chega para destruir nada. “Viemos para construir pontes”, afirmou o parlamentar destacando a simbologia da união entre ele, o ex-prefeito de Serra Talhada e pré-candidato a deputado estadual Luciano Duque (Solidariedade) e o também ex-prefeito de Serra, Carlos Evandro – adversários históricos na política serra-talhadense.

Livramento – Perguntado se teria ficado algum ressentimento por conta de não ter sido escolhido como o pré-candidato ao Senado da Frente Popular, André de Paula disse acreditar que foi um livramento.

O pré-candidato a senador também disse que a chapa é forte e que está vivendo um momento muito importante da sua vida pública. “Eu acredito neste projeto, eu acredito em Marília Arraes. Pernambuco merece mais. Eu quero ser o senador que vai trabalhar por Pernambuco e pelos pernambucanos, eu me preparei para este momento”, afirmou André.

Ele também disse que o seu partido, o PSD será muito importante para a governabilidade de Lula nos próximos quatro anos.

E agradeceu o apoio de Sebá a sua pré-candidatura. “Não pensou duas vezes. Nós vamos ter um grande vice-governador”.

A mesa – A mesa do evento foi composta por Luciano Duque, Carlos Evandro, Waldemar Oliveira, Sebastião Oliveira, André de Paula e Marília Arraes. Todos falaram.

Waldemar destacou a aliança e disse que apesar da dificuldade do pleito deste ano, está confiante na vitória. “Eu confio e eu creio! Apoiamos o PSB durante 16 anos e creio que chegamos ao fim de um ciclo. Pernambuco não está bem, a saúde, a infraestrutura… o povo quer mudança”, afirmou Waldemar Oliveira que é pré-candidato a deputado federal.

Carlos Evandro disse estar muito honrado em integrar a campanha de Marília. Duque que Sebastião Oliveira chega para somar e que vai ajudar a fazer Pernambuco diferente.

sábado, 18 de junho de 2022

CONVITE: Mutirão no Cruzeiro de Frei Damião em Santa Cruz da Venerada

MUTIRÃO no Monumento Cruzeiro da Serra de Frei Damião acontecerá dia 19, vem com a gente!

 


A Paróquia de Santa Cruz da Venerada, através do Pe. e Administrador Paroquial, José Porfirio Ribeiro, convida a comunidade para juntos realizarmos o Mutirão no Cruzeiro da Serra de Frei Damião, próximo domingo dia 19, convide sua família e colabore nos trabalhos ou doações em material (cimento e areia) aos que preferirem realizar doações de alimentos ou um carneiro, bode, para compartilhar na alimentação no mutirão, será bem vindo.

O investimento que vem sendo realizado é mais um compromisso do Padre José Porfirio, que vem alavancado junto aos devotos, colaboradores e admiradores os empreendimentos religiosos da paróquia. Isso só é possível graças a contribuição de todos! 





Corpo de estudante do IFSertãoPE, e músico, assassinado em Petrolina é sepultado em Santa Cruz

 

Foto: reprodução

Foi sepultado na manhã desta sexta-feira (17), sob muita comoção, na cidade de Santa Cruz (PE), Sertão do Araripe, o corpo de Gildevan Matias dos Santos. Carinhosamente conhecido entre os amigos e familiares por ‘Van’ Matias, ele era aluno do curso de Licenciatura em Música do IFSertãoPE.

Músico, arranjador e compositor, Van é mais uma das vítimas da violência em Petrolina. Ele foi assassinado a facadas, por motivo fútil, quinta (16), em um núcleo da área irrigada do município.

O Blog não conseguiu muitos detalhes sobre o crime, apenas que o autor seria um foragido da polícia. Ele foi detido por populares e chegou a quase ser linchado, até ser encaminhado à delegacia de Polícia Civil.


Inf. Blog do Carlos Britto

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MAX FERRO

MAX FERRO
SANTA CRUZ E SANTA FILOMENA

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER
.