sexta-feira, 12 de abril de 2019

Policiais civis de Pernambuco deflagram campanha salarial e prometem grandes mobilizações



Uma assembleia geral realizada ontem (11) na sede do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol) deliberou sobre a campanha salarial deste ano, da categoria. Centenas de policiais de todas as regiões do Estado debateram e definiram estratégias, que devem passar por grandes mobilizações.

O movimento ressurge cerca de três anos depois do último acordo firmado entre o governo do Estado e o Sinpol, para que a greve da categoria (realizada em 2016) fosse encerrada. O acerto previu a implementação de reajustes progressivos. Desde então, a diretoria do sindicato tem circulado o Estado para debater e mobilizar os profissionais para o desafio de uma nova campanha salarial.


Segundo o presidente do Sinpol, Áureo Cisneiros, “agora é momento de, mais uma vez, demonstrarmos o tamanho da força e a união dos policiais civis de Pernambuco em busca de sua valorização e melhores condições de trabalho”.

Já o vice-presidente da entidade, Rafael Cavalcanti, fez questão de ressaltar que as perseguições políticas sofridas pela diretoria e por parte da base, em razão da última campanha salarial e outros movimentos, não irão inibir a atuação enérgica do sindicato. “São cerca de 40 processos administrativos só da diretoria do Sinpol, em decorrência da nossa atividade sindical. Dois deles pedem a minha demissão, bem como a de Áureo, que sozinho já acumula 16 PAD’s. Mas se queriam nos intimidar, o efeito foi justamente o contrário. Vamos lutar como nunca”, antecipa.

Propostas
Todas as propostas apresentadas na assembleia foram aprovadas por unanimidade:

-Revisão do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos;
-Um novo enquadramento, amplo e geral, inclusive para quem está no estágio probatório;
-Carreira única, fazendo justiça dentro da polícia judiciária e fomentando uma melhor prestação de serviços para a população;
-Conclusão dos trabalhos para estruturar a Lei Orgânica da categoria;
-Projeto de unificação de cargos entre agentes, escrivães e Auxiliares dos institutos IC, IML;
-Anistia e arquivamento para todos os diretores e filiados ao Sinpol em razão da atividade sindical;
-Reserva de 50% das vagas nos concursos para delegado e perito destinadas a quem já está nos quadros da Polícia Civil;
-Chamamento de todos os aprovados no concurso de 2016, que aguardam serem chamados.

Carlos Britto

Nenhum comentário:

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MAX FERRO

MAX FERRO
SANTA CRUZ E SANTA FILOMENA

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER
.

.

.
,