terça-feira, 28 de agosto de 2018

Ciro elogia Lula na Globo


Não é comum ouvir elogios a Lula no horário nobre da Globo. Ainda mais da boca de alguém que compete com ele pelo mesmo eleitorado. Ciro Gomes poderia ter aproveitado os 25 minutos a que teve direito ontem no Jornal Nacional, principal audiência da casa, para tirar voto de Lula, mas não o fez. "Lula não é satanás como certos setores da imprensa e da opinião brasileira pensam, nem Deus, nem anjo como certos setores religiosos do PT pensam", disse ele.
"Conheço Lula há 30 anos", continuou. "Lula fez muita coisa boa. Foi um bom presidente para o Brasil e o povo sabe disso. Há sete anos, o povo tinha mais poder de compra, mais crédito, mais emprego. A população mais pobre sentiu na pele".
O candidato do PDT também estabeleceu a diferença com que são tratados pela Lava Jato políticos do PT e do PSDB: "Ninguém do PSDB está preso".
Bonner disse que ele seria o nome para "unir as esquerdas". Ciro contestou: "Centro-esquerda, por favor". "Com Kátia fica difícil unir as esquerdas" alfinetou Bonner. "A Kátia veio porque é diferente. Não parece Lula com José Alencar"? rebateu Ciro. "Essa é a realidade brasileira", explicou. "Não podemos continuar com esse confronto eterno entre coxinhas e mortadelas".
No que diz respeito a propostas – que não foi, definitivamente o foco da entrevista - ele só foi perguntado acerca do plano de tirar os brasileiros do SPC, criticado incisivamente por Bonner: "Não seria uma troca de favores"?
Ciro mostrou que o plano é sério, calculado, tem até um manual. Bonner e Renata reagiram da mesma forma, com ironia: "Se precisa de manual é uma coisa complexa".
Os apresentadores apontaram canhões contra seu "grupo político". Bonner questionou se não preocupava Ciro o fato de o presidente do seu partido ser réu, acusado de receber R$100 mil de propina; Renata foi mais longe ainda: responsabilizou seu "grupo político" pelo aumento da violência no Ceará durante o governo "do seu irmão" e emendou: "Que erros cometidos pelo seu grupo político o senhor vai evitar"?
Os apresentadores do Jornal Nacional deram claros sinais de que as entrevistas serão pauleira. Pelo menos a de Ciro foi. E Ciro deu um claro sinal de que não pretende atacar seu principal concorrente durante a campanha.

ALEX SOLNIK/247

Nenhum comentário:

FARMAHOPE

FARMAHOPE
2 MIL REAIS EM SORTEIOS DIA 29 DE DEZEMBRO DE 2018

ASPECTHO CALÇADOS

ASPECTHO CALÇADOS
.

POSTO JEAN

POSTO JEAN
COMPUSTIVEL DE QUALIDADE

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MAX FERRO

MAX FERRO
SANTA CRUZ E SANTA FILOMENA

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER
.

.

.
,