domingo, 7 de janeiro de 2018

Opinião do leitor: O que esperar do novo bispo de Petrolina?


O Papa Francisco nomeou o Bispo da Diocese de Senhor do Bonfim, Dom Francisco Canindé Palhano como Bispo da Diocese de Petrolina. Mais uma vez, a Diocese recebe um bispo com idade muito próxima de sua aposentadoria, pois seu nascimento é de primeiro de fevereiro de 1949, portanto, fará 69 anos, no próximo mês, devendo permanecer no Episcopado por apenas 6 (seis) anos. O último Bispo de Petrolina, Dom Manoel dos Reis passou exatamente cinco anos e dez meses a frente da Diocese e saiu em condições estranhas, no calor de uma disputa interna entre o antigo Bispo Dom Paulo e um grupo de Padres que planejava transformar parte do antigo Palácio Episcopal num prédio para salas comerciais.

Para alguns, Dom Manoel praticamente no seu episcopado, apenas esperou sua aposentadoria, não elaborando, nem construindo projetos para a Diocese. À boca miúda, não disse para que veio. Dom Francisco terá condições de elaborar algo novo? O que pode construir um bispo em seis anos de episcopado? O que teria levado o Papa a nomear uma pessoa com idade de praticamente 69 anos, quando a regra canônica indica no mínimo 35 anos de idade?

Os fiéis católicos de Petrolina devem estar rejubilados com a nomeação do seu novo pastor, mas não devem deixar de fazer reflexões críticas a cerca de quem foi nomeado. A idade e o possível tempo de permanência é um ponto de partida para essas reflexões. O Papa, através de seus assessores, deve saber da crise interna porque passa a Diocese, por isso deve ter feito essa opção. Um bispo que é Mestre em Teologia Moral, na Academia Alfonsiana da Pontifícia Universidade Lateranense, em Roma e que já foi reitor no Seminário Arquidiocesano, não vem para Petrolina por simples indicação papal. Possivelmente deve ter sido consultado se aceitaria a missão de aparar as arestas deixadas pelo Bispo Emérito Dom Paulo Cardoso. Senão, ficaria em Senhor do Bonfim, pois faltam apenas seis anos para o término de sua missão episcopal.

O que os fiéis de Senhor do Bonfim tem a dizer do episcopado de Dom Francisco? Segundo informações que ouvi de bonfinenses, há uma divisão de opiniões sobre seu bispado. A ala conservadora da igreja foi apoiada pelo Bispo, pois, sendo ele de perfil mais conservador, agradou os carismáticos. Já a ala progressista, sentiu-se desprotegida, vendo seus projetos de lutas sociais serem “esquecidos” por Dom Francisco. Sobre ser conservador, o “novo” bispo da Diocese de Petrolina não terá grandes problemas com esse perfil. Desde o bispado de Dom Paulo Cardoso que a Diocese deu uma guinada à direita, refletindo o que aconteceu na Igreja Católica a partir do pontificado de João Paulo II e de Bento XVI, que, aliás, foi quem nomeou Bispo Dom Francisco. Nesse sentido, os conservadores estão dando “graças a Deus”, e os poucos progressistas terão que continuar sem pastor.

Que venha Dom Francisco para continuar seu lema “Oportet illum regnare (1Cor 15,25)”, que significa dizer “Ele deve Reinar”. Que reine para apaniguar não apenas os ricos de coração, mas também todos aqueles que têm fome e sede da palavra de Deus.

Moisés Almeida/Professor e ex-diretor da UPE em Petrolina. 


(Inf. Edenevaldo Alves)

Nenhum comentário:

GRUPO MATEUS REIS

GRUPO MATEUS REIS
80 PRÊMIOS ESPERANDO POR VC

ASPECTHO CALÇADOS

ASPECTHO CALÇADOS
.

PROMOÇÃO FARMAHOPE

PROMOÇÃO FARMAHOPE
SANTA CRUZ PE

POSTO JEAN

POSTO JEAN
COMPUSTIVEL DE QUALIDADE

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MAX FERRO

MAX FERRO
SANTA CRUZ E SANTA FILOMENA

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS LABCENTER
.

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS
87 9965 4353