quarta-feira, 8 de novembro de 2017

SemiáridoShow 2017 uma diversidade de temas em exposições e capacitações



Campos experimentais no SemiáridoShow, onde os pequenos produtores tem acesso a tecnologias

Em sua sétima edição, a feira SemiáridoShow traz uma programação diversificada que conta com a realização de seminários temáticos, apresentações, oficinas e minicursos. O evento, que acontece entre os dias 7 e 10 de novembro, em Petrolina-PE reúne agricultores, pesquisadores, técnicos e estudantes para apresentar e discutir as tecnologias, conhecimentos e experiências voltadas para a convivência produtiva com o Semiárido.

 
Durante os quatro dias de evento, serão ministrados mais de 50 minicursos e oficinas. Um dos diversos temas abordados é a gestão e o uso da água, seja ela de chuva, de poço, salina, com uso de irrigação de baixo custo e de tecnologias como a barragem subterrânea. Outra importante atividade produtiva no Semiárido abordada é a criação de animais – como caprinos, ovinos, galinhas e abelhas-sem-ferrão –, englobando desde o planejamento, administração da propriedade, manejo, produção de forragem e controle de doenças. As capacitações tratam, ainda, de questões como o associativismo, produção de sementes, preservação ambiental e saneamento básico rural.

Também serão realizados seis grandes seminários, trazendo aspectos da produção agropecuária no Semiárido, como a fruticultura de sequeiro e a criação de caprinos e ovinos. Os povos indígenas e comunidades quilombolas serão contemplados na programação, com espaço para discussões sobre a gestão de seus territórios. Esta edição traz, ainda, novos temas para o espaço da feira, como a alternativa de ocupação e renda por meio do turismo rural e o uso de energias renováveis visando a segurança alimentar, hídrica e energética na região.

O analista da Embrapa Semiárido Elder Rocha, um dos organizadores do evento, explica que, além da programação técnica de minicursos e oficinas, os participantes poderão realizar visitas a uma área destinada à demonstração de tecnologias. “Em cada local terá um pesquisador, engenheiro agrônomo ou técnico agrícola demonstrando essas tecnologias para os visitantes. Além disso, teremos também a área central com a vitrine tecnológica da Embrapa, que vai concentrar um pouquinho de tudo que será mostrado na feira, e os expositores de empresas parceiras e da Vila da Economia Solidária, onde cerca de 50 pequenos produtores rurais irão comercializar seus produtos”, destaca.

Um das novidade desta edição é o Festival de Sabores da Caatinga, no espaço Cozinha Show, onde serão realizadas oficinas voltadas para o empreendedorismo e para a gastronomia, utilizando matérias primas típicas do bioma. No cardápio entram as plantas alimentícias não convencionais (PANCs) – como o umbuzeiro e outras espécies nativas –, carnes de caprinos e ovinos, beijus enriquecidos com frutas e hortaliças e alimentos biofortificados.

Segundo Elder Rocha, os temas propostas nesta edição são de grande relevância para as comunidades rurais e para a população de forma geral. “Teremos uma diversidade de temas que serão debatidos e o agricultor, estudante ou visitante terá condição de participar e de se capacitar em temas de grande importância para a administração e manejo da agricultura familiar”, conta.

A feira acontece em uma área da Embrapa, localizada na BR-428, Km 148, na zona rural de Petrolina, e é aberta à visitação do público no horário das 8h às 17h. O início oficial da programação oficial será marcado pela solenidade de abertura, com a presença de autoridades e representantes de diversas instituições, no dia 7 de novembro, às 9 horas, no espaço da Vila da Economia Solidária. As inscrições para os minicursos e seminários são gratuitas e feitas na hora, limitadas ao número de vagas de cada sala.

O evento – O SemiáridoShow é uma feira voltada para a agricultura familiar do Semiárido brasileiro, realizada a cada dois anos pela Embrapa. Nesta edição, conta com a parceria do Sindicato dos Agricultores Familiares e Empreendedores Familiares e Rurais do Município de Petrolina (Sintraf) e da Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento (Faped), além do apoio de diversos ministérios, governos, instituições públicas e privadas de ensino, pesquisa e de assistência técnica e extensão rural e organizações não governamentais nacionais e internacionais.

A programação completa e outras informações podem ser acessadas no site.

Maria Eduarda Abreu  Embrapa Semiárido

Fernanda Birolo (MTb/AC 81) Embrapa Semiárido Telefone: (87) 3866 – 3734

Mais informações sobre o tema
Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC)
www.embrapa.br/fale-conosco/sac/

Nenhum comentário:

max ferro

max ferro
,

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS
87 9965 4353