quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Gonzaga Patriota solicita liberação de recursos para expansão do IF Sertão de Salgueiro


Nesta quarta-feira (04), o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB-PE) solicitou ao Ministério da Educação, a liberação de recursos para expansão do Campus Salgueiro do Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão).  Dos atuais 4.774,50 m², a unidade acadêmica mais que dobraria de tamanho, passando a ocupar uma área de 9.695,78 m². Com isso, passaria a atender – em sua capacidade total – até 4.530 alunos, 217,89% a mais que os atuais 1.425 discentes matriculados.

“A expansão permitirá a ampliação na abrangência do campus, que irá atender com excelência a demanda educacional da região. Estamos trabalhando com pequenas emendas, mas precisamos que os demais deputados destaquem verbas de gabinete, reforçando esta universidade que tem atendido muito bem à região com técnicos prontos para atuar no mercado”, destacou o parlamentar.
 
Para expansão, são necessários recursos na ordem de R$ 11.750.000,00, incluindo verbas de execução do projeto de expansão, do refeitório, além de aquisição de equipamentos permanentes para ambas estruturas. “Os recursos para essa ampliação podem ser utilizados da nossa emenda da bancada de Pernambuco, subscrita por nós e pelos eminentes deputados Pastor Eurico e Cleuza Pereira. Se carecer de mais, renovaremos a emenda para 2018”, ressaltou Gonzaga.

Expansão e demanda por novos cursos
Atualmente esse campus do IF de Salgueiro oferece três cursos técnicos nas modalidades Médias Integradas e Subsequentes (Agropecuária, Edificações e Informática), um na modalidade Proeja (Edificações), quatro na modalidade EAD (Serviços Públicos, Logística, Agente comunitário de saúde e Segurança do trabalho). Três de formação Superior (Licenciatura em Física, Tecnologia em Sistemas para Internet e Tecnologia em Alimentos), com um total de 813 alunos matriculados, sendo 28% destes no curso Técnico em Edificações.

Segundo projeções do consórcio Pernambuco 2035, elaborado pela Ceplan, TGI, e Macroplan; nos próximos 20 anos, entre 2013 e 2035, o PIB do Estado deve mais que triplicar, crescendo a taxas superiores a média nacional, passando de R$ 126,0 bilhões para R$ 411,0 bilhões, como resultado de uma taxa média de crescimento anual de 5,5% ao ano. Este crescimento implica também o aumento da participação da economia pernambucana no PIB nacional. (Segundo a AD DIPER-PE, 2014).

Diante destas previsões, Patriota acredita que há espaço para inclusão do curso superior de Bacharel em Engenharia Civil entre as graduações do IF. “Todos os caminhos levam a Salgueiro. Poucas cidades no Nordeste têm o privilégio de usufruir tão vantajosa localização. E toda a região está intimamente ligada ao seu desenvolvimento econômico, tendo em vista que o desenvolvimento sustentável da macroeconomia está relacionado aos serviços de Construção Civil. E ainda não existe oferta de curso de Engenharia Civil pela Rede Pública na cidade de Salgueiro. O mais próximo é ofertado em Juazeiro do Norte (CE)”, argumenta Patriota.

Atualmente o Instituto Federal oferece o curso técnico em Edificações, em que usufrui de uma equipe de docentes da área de Engenharia Civil, além da estrutura básica de laboratórios, acervo bibliotecário, entre outros apoios estruturantes da área da Construção Civil.

Nenhum comentário:

max ferro

max ferro
,

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS
87 9965 4353