segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Comissão afirma que mandado de segurança para continuar obra no Palácio Diocesano de Petrolina foi uma tentativa frustrada


A notícia sobre a possível continuidade da obra de construção do Shopping Popular de Petrolina no entorno do Palácio Episcopal, através de um mandado de segurança, obteve uma resposta rápida da Comissão em Defesa do Patrimônio Religioso, que enviou a seguinte nota:

O administrador diocesano poderá se frustrar novamente com a tentativa insana de querer a construção de um shopping popular, em área do terreno do Palácio Episcopal, celeuma iniciada em agosto de 2017, depois do Bispo Emérito Dom Paulo Cardoso, apoiado por vários leigos atuantes na diocese.

O Deputado Estadual Lucas Ramos e a Vereadora Cristina Costa se posicionarem contra a construção, alegando desvio de finalidade e desconfiguração do importante patrimônio da cidade. Já foi iniciado o processo de tombamento através da Fundarpe e publicado no diário oficial do estado, não cabendo mandato de segurança neste caso.


A FUNDARPE já está em alerta e irá ao Tribunal quando for notificada do mandado de segurança. Isso vai parar em Brasília, no Supremo, e a Diocese vai somente gastar dinheiro à toa.

O órgão defensor do Patrimônio tem um poder maior, inclusive embarga obra do próprio governo.

Estamos atentos e o setor jurídico da FUNDARPE vai recorrer imediatamente ao Tribunal Regional para suspender a Liminar, se porventura o juiz local der parecer favorável à Diocese.

Petrolina, 30 de Setembro de 2017.

COMISSÃO EM DEFESA DO PATRIMÔNIO RELIGIOSO, ARTÍSTICO E CULTURAL DE PETROLINA.

Nenhum comentário:

max ferro

max ferro
,

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS
87 9965 4353