sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Caravana de Lula fez última passagem pelo Estado

Lula: não teria chegado onde chegou “sem o dedo de Deus”.
Durante sua passagem pela terra do rei do Baião, Luiz Gonzada, em Exu, no Sertão do Estado, ontem pela manhã, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) conheceu o Museu Gonzagão e foi recebido por prefeitos da região, inclusive pelo de Ouricuri, o tucano Ricardo Ramos (PSDB). Usando um chapéu de couro e uma camisa com a imagem do músico, o líder petista exaltou a figura de Luiz Gonzaga durante a visita.


A parada seguinte foi na praça central da cidade de Ouricuri. O líder petista participou do ato “Pelo Semiárido, pelos direitos e por Lula”. O roteiro faz parte da “Caravana Lula Pelo Brasil”, que está percorrendo várias cidades do Nordeste. Ao percorrer o país, Lula pretende sedimentar seu projeto presidencial de 2018 e conseguir aliados, caso não seja impedido de disputar por conta da condenação em primeira instância na Operação Lava-Jato.  

O ex-presidente Lula disse ontem que não teria chegado onde chegou “sem o dedo de Deus”. E que disputou a Presidência não apenas para “governar o país, porque governar qualquer um governa”. “O que eu queria era provar que sei cuidar deles”, disse, referindo-se ao povo. “Fui o presidente que durante oito anos não deixou de receber nenhum prefeito de qualquer partido político”, disse.

Como tem sido praxe em seus discursos, Lula voltou a atacar “as elites” que, segundo ele, teriam sido responsáveis pelo impeachment da ex-presidente Dilma, que não gostam do Nordeste e que querem acabar com os programas sociais. “As pessoas que são ricas não deram nenhuma importância e diziam que o Lula criou o Bolsa Família e que isso ia deixar todo mundo vagabundo”, disse.  
 (Do Diario de Pernambuco/Magno)

Nenhum comentário:

max ferro

max ferro
,

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS
87 9965 4353