(Foto: Arquivo)
A mudança do feriado de Corpus Christi em Petrolina, que aconteceria nesta quinta-feira (15) e foi adiado para o dia 23, não caiu bem aos olhos do Bispo Dom Manoel. O líder da Igreja Católica classificou a atitude da prefeitura como “insensível” e “desumana”, já que ninguém da igreja foi procurado para debater sobre a mudança.

“O prefeito de Petrolina fez uma ação golpeando a fé do povo tirando o feriado de quinta-feira. É uma atitude que não consultou a igreja e nem ninguém. É uma atitude insensível à fé do povo católico cristão”.

O Bispo afirmou que a mudança demonstrava a “troca de Jesus por dinheiro” e que Petrolina precisa é de Deus. “Como é que muda um feriado desse? Escutou apenas um grupo e esse grupo manda em tudo? É uma atitude desumana. Trocar Jesus por dinheiro? Que atitude é essa? Por que Petrolina vai ganhar muito dinheiro na festa junina? Petrolina não precisa de dinheiro, precisa de Jesus, de Deus. Sem a benção de Deus tudo vai para trás. Nós queremos o bem para essa cidade”.

Dom Manoel concluiu, “nós vamos mostrar para o mundo e para Petrolina que a nossa fé vale mais do que dinheiro. Queremos mostrar que nossa fé é maior que isso. Nessa quinta-feira nós vamos mostrar que Jesus Cristo é maior”.

(Waldiney Passos)