quinta-feira, 25 de maio de 2017

Bahia 'encurrala' Sport, vence e é tricampeão da Copa do Nordeste


O Bahia dominou o jogo, venceu o Sport por 1 a 0 na noite desta quarta-feira, na Fonte Nova, e conquistou o tricampeonato da Copa do Nordeste. Após o empate em 1 a 1 no primeiro jogo, o tricolor levou a competição de maneira invícta jogando em casa. Edigar Junio fez o gol do título, ainda no primeiro tempo.

O Sport, precisando da vitória, começou tomando a iniciativa do jogo. O Bahia apostava em contra-ataques para chegar ao gol rubro-negro. Aos 12 minutos, Edigar Junio recebeu passe, girou em cima da marcação e ficou cara a cara com Magrão. O atacante, com um lindo toque, encobriu o goleiro Magrão e abriu o placar para o Bahia na Fonte Nova, aumentando a vantagem do tricolor.


A partir daí, o Sport pareceu ter sentindo muito o gol, não conseguindo ficar mais com a posse de bola. O Bahia, por outro lado, dominava o jogo e colocava muita pressão no Leão. Pressão que quase resultou no segundo gol aos 30 minutos, em cabeçada na trave de Edigar Junio. Na primeira chegada do Sport na partida, Rogério caiu dentro da área e pediu pênalti. O árbitro não foi na dele e deu o segundo amarelo, resultando na expulsão do jogador. O jogo foi para o intervalo com o Bahia vencendo por 1 a 0 e o Sport perdido em campo.

O jogo no segundo tempo começou como terminou o primeiro. O Bahia tocava a bola e encurralava o Leão no seu campo defensivo. Aos 12 minutos, Magrão já era o nome do jogo, salvando o rubro-negro em várias oportunidades. O que parecia era que o Bahia que precisava do resultado, pelo ímpeto e pressão que fazia no adversário.  

A partir dos 30 minutos, o Sport se lançou para o desespero. O Bahia, com um homem a mais, se fechava e arrancava no contra-ataque. Nos lances finais, as duas equipes trocaram oportunidades, mas ninguém conseguiu marcar. Aos 48, Francisco Carlos do Nascimento apitou, e o Bahia foi tri-campeão da Copa do Nordeste.
FICHA TÉCNICA
BAHIA 1 X 0 SPORT


Local: Fonte Nova, Salvador
Data-hora: 24/5/2017 – 21h45
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Auxiliares: Esdras Mariano Albuquerque (AL) e Rondinelle dos Santos Tavares (AL)
Público: Não divulgado
Cartões amarelos: Régis, Edson, Renê Júnior, Allione e Tiago (BAH); Rogério, Ronaldo, Leandro Pereira, Marquinhos e Mena (SPO)
Cartões vermelhos: Rogério, 32'1°T, Ronaldo, 46'2°T e Lenis, 46'2°T (SPO)
Gol: Edigar Junio, 12'1°T (1 a 0)

BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonsea e Armero; Renê Júnior (Juninho, 19'2°T), Edson, Régis (Matheus Sales, 24'2°T) e Allione; Zé Rafael (Gustavo, 37'2°T) e Edigar Junio – Técnico: Guto Ferreira

SPORT: Magrão; Raul Prata (Marquinhos, int), Matheus Ferraz, Oswaldo Henríquez, Durval e Mena; Fabrício (Éverton Felipe, 6'2°T), Ronaldo (Leandro Pereira, 34'2°T) e Diego Souza; André e Rogério – Técnico: Ney Franco.


Lance.com

Nenhum comentário:

max ferro

max ferro
,

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS
87 9965 4353