(Foto: Internet)
A delegada Gleide Ângelo, conhecida por comandar investigações de grande repercussão em Pernambuco, deixará o comando da 9ª Delegacia de Homicídios, em Olinda, para assumir o Departamento de Polícia da Mulher nesta segunda-feira (10). A Gleide comandará a implementação das investigações de feminicídios.

Antes a atribuição de investigar denúncias de violência doméstica e familiar era da Delegacia de Mulher. Agora também serão inseridos no leque os crimes contra a vida, desafogando o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Gleide assume o cargo no momento em que se discute a necessidade de ampliação das investigações de feminicídios. Somente entre janeiro e fevereiro deste ano, 58 mulheres foram assassinadas no Estado, segundo estatísticas o×ciais da Secretaria de Defesa Social (SDS). O último caso de grande repercussão foi o assassinato da fisioterapeuta Tássia Mirella, de 28 anos, em um flat em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife.


Reforços
A novidade também faz parte de um pacote de mudanças criado pela SDS para tentar barrar o aumento dos homicídios em Pernambuco. Mais de 30 delegados foram transferidos para outras unidades nas últimas semanas. A delegada Gleide Ângelo também tem uma coluna semanal no portal NE10, que aborda a violência contra a mulher.

Com informações do JCOnline
(Waldiney Passos)