APOIO

blogs

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Lua de Saturno exibe condições para vida fora da Terra




A Nasa anunciou a descoberta de hidrogênio molecular em Enceladus, uma das luas de Saturno, evidência que, somada ao oceano sob a superfície gelada do satélite, faz dela um dos lugares mais favoráveis ao desenvolvimento de vida fora da Terra. Os detalhes da detecção, publicados nesta quinta-feira na revista Science, foram divulgados por astrônomos da missão Cassini, em uma aguardada conferência no auditório da agência espacial americana, em Washington, nos Estados Unidos.

De acordo com os cientistas, o hidrogênio molecular (H2) é um poderoso indício de que haja uma fonte de energia química no planeta. Essa energia, somada à existência de água líquida, encontrada em Enceladus pela Cassini em 2014 - que é a condição fundamental para a vida como conhecemos, fazem com que a pequena lua gelada seja muito propícia ao surgimento de seres vivos. É a primeira vez que os pesquisadores encontram as duas coisas reunidas em um mesmo lugar, o que faz o estudo ser extremamente promissor para a busca de vida fora da Terra.

“Ainda não sabemos se há ‘vida lá fora’, mas, neste momento, estamos fazendo um progresso imenso”, disse Thomas Zurbuchen, um dos membros da Nasa, durante a conferência nesta quinta-feira.

“Não descobrimos vida em Enceladus, até agora, mas ficaríamos muito empolgados se pudéssemos detectá-la nessa lua”, afirmou Chris Glein, um dos autores do estudo e membro da missão Cassini, durante a conferência, em resposta à pergunta: “Poderia haver micróbios ou mesmo pequenos camarões em Enceladus?”
 Veja.com




Nenhum comentário:

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS
87 9965 4353