sábado, 8 de abril de 2017

Jovem morta em flat foi vítima de violência sexual e tortura, diz Polícia Civil de PE



O chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Josleito Kehrle do Amaral, afirmou, nesta quinta-feira (6), que a fisioterapeuta Tássia Mirella de Sena Araújo, 28 anos, encontrada morta na quarta-feira (5) no flat onde morava, foi vítima de violência sexual e tortura. Ela levou ainda uma facada no pescoço. Durante coletiva de imprensa, na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), na Zona Oeste do Recife, o policial declarou que o vizinho da vítima, preso horas depois do crime, é o responsável pelo crime.

“Não temos dúvida disso. Ela foi barbaramente torturada, estuprada, teve a roupa arrancada violentamente e morta com o corte profundo no pescoço. Foi um crime premeditado”, declarou. O suspeito é comerciante e lutador de artes marciais.


O crime aconteceu na quarta-feira (5), em um flat, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. Tássia morava no local há quatro meses. De acordo com a polícia, o corte no pescoço foi tão profundo que a vítima quase foi decapitada. A faca ainda não foi localizada.

Para Joselito, não há dúvidas por conta da quantidade de provas contra o suspeito. No corpo da vítima, foram encontrados resíduos de pele sob a unha, cabelos pretos e compridos na sua mão e lesões de defesa próprios de uma intensa luta corporal.

Foram achadas, ainda, gotas de sangue da vítima do seu apartamento até a residência do suspeito, pegadas de sangue compatíveis com o tamanho do pé do vizinho e uma mancha de sangue na porta dele. Uma camisa encharcada de sangue foi jogada do apartamento do homem.

O suspeito também tem arranhões nos braços. Sem confessar a autoria, ele teria alegado aos policiais que as marcas eram fruto de uma briga com um flanelinha, na madrugada da quarta.

Joselito do amaral afirmou que houve uma intensa luta corporal entre o suspeito e a vítima. “Ela gritou por socorro. Foi um crime bárbaro. A motivação era manter relações sexuais com a jovem. Identificamos cabelos do suspeito nas mãos dela e marcas de defesa”, declarou.
Fonte: G1PE

Nenhum comentário:

max ferro

max ferro
,

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS
87 9965 4353