Um homem, de 58 anos, acusado de estuprar a filha por 22 anos foi preso nesta quarta-feira (5), em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a polícia, o criminoso trabalhava como agricultor e foi detido em um posto de gasolina próximo ao sítio onde morava, quando tentava fugir para São Paulo. Ele confessou os abusos e as ameaças.

A vítima, que atualmente possui 31 anos, tem três filhos que, segundo a mulher, foram resultado dos estupros a que era constantemente vítima desde os 9 anos. Segundo o delegado Vítor Leite, a vítima contou antes do crime porque o pai a ameaçava de morte.


A mulher vivia em um sitio na zona rural de Santa Cruz com o acusado e os três filhos, um de 14, outro 12 e um 10 anos. Além deles, a mãe da vítima também morava no local e teria presenciado o estupro uma vez, mas também foi ameaçada pelo acusado. A mãe morreu há aproximadamente 20 dias e, somente após o falecimento dela, a filha denunciou o pai pelos crimes.

Os envolvidos foram fazer exame de DNA no laboratório de pesquisa e genética forense, no bairro de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes. Segundo o delegado Vítor Leite, o acusado, que já está detido no presídio de Santa Cruz de Capibaribe, pode pegar até 30 anos de prisão.
Com informações da FolhaPE