quinta-feira, 30 de março de 2017

Julgamento contra chapa Dilma-Temer no TSE deve ter pedido de vista

O julgamento que corre no Tribunal Superior Eleitoral que pode cassar o mandato de Michel Temer e tirá-lo do poder, marcado para começar na próxima terça-feira 4, deve ser interrompido por um pedido de vista; o ministro Napoleão Nunes sinalizou que deve pedir mais tempo para analisar o caso; desta forma, a composição do tribunal pode mudar, com a substituição de dois ministros, que podem votar contra a cassação


247 - O julgamento da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral, marcado para começar na próxima terça-feira 4, pode ser interrompido e dar chance a Michel Temer de se livrar da cassação e se manter no cargo.

O ministro Napoleão Nunes, do TSE, sinalizou que deve apresentar um pedido de vista - mais tempo para analisar o caso -, de acordo com reportagem do Estado de S.Paulo.

Desta forma, a composição do tribunal pode mudar, com a substituição de ministros Henrique Neves e Luciana Lóssio, que deixam a corte em abril e maio, respectivamente. Eles serão substituídos por Admar Gonzaga e Tarcísio Vieira, que podem votar contra a cassação de Temer, conforme expectativa do Planalto.

Nenhum comentário:

max ferro

max ferro
,

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS
87 9965 4353