parceiros

blogs

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Denúncias de intolerância religiosa crescem 3.706% nos últimos 5 anos

Em junho de 2015, uma menina de 11 anos foi atacada com uma pedrada na cabeça ao sair de um culto de candomblé na Penha, na zona norte do Rio
Em junho de 2015, uma menina de 11 anos foi atacada com uma pedrada na cabeça ao sair de um culto de candomblé na Penha, na zona norte do Rio
O número de denúncias de intolerância religiosa aumentou 3.706% nos últimos cinco anos, segundo relatório da Secretaria de Direitos Humanos, vinculado ao Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania. O dado mostra a relevância da abordagem do tema “O combate à intolerância religiosa no Brasil” na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016.

O Disque 100, principal canal da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, passou a receber registro desse tipo de violência em 2011, quando houve apenas 15 denúncias. Em 2015, foram denunciados 556 casos. Para especialistas, o aumento do número é consequência do esclarecimento de que esse conflito é crime.

A antropóloga Christina Vital, do departamento de Sociologia da Universidade Federal Fluminense (UFF), avalia que o Brasil começou a viver, a partir do anos 1990, um incômodo cultural. Segundo ela, o aumento do número de igrejas e fiéis pentecostais, principalmente na periferia e nas favelas, revelou a acomodação social em que vivia a Igreja Católica, que ao longo da história promoveu a intolerância entre religiões.

“Agora estamos percebendo a importância de as novas gerações estarem atentas à intolerância religiosa.”

A antropóloga lembrou o aumento de ações dos governos e dos movimentos sociais em aumentar os canais de comunicação, publicidade e campanhas de conscientização do que é o crime de intolerância religiosa.  Continue lendo Denúncias de intolerância religiosa crescem 3.706% nos últimos 5 anos

(Blog do Gonzaga)

Nenhum comentário:

max ferro

max ferro
,

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS
87 9965 4353