sexta-feira, 11 de novembro de 2016

11 meses sem Beatriz e o assassino solto. Sociedade continua pedindo justiça


Menina Beatriz
Menina Beatriz

Neste 10 de novembro completam onze meses que a garota Beatriz foi barbaramente assassinada em Petrolina. Um desaparecimento que até hoje  marca tristemente  a sociedade das duas cidades, Petrolina e Juazeiro.
O fato que já tem repercussão nacional, ainda não foi elucidado. A policia civil de Pernambuco não deu trégua  e todos os esforços foram feitos. Investigações especiais, delegados diferenciados, determinações superiores e muito mais se realizou nesses onze meses para se prender o assassino da garota e nenhum sucesso alcançado.

Grupos religiosos das duas cidades tem promovido várias ações e movimentos,  para que o crime não fique esquecido. Encontros em Petrolina e Juazeiro já foram realizados várias vezes, mas até o momento nada foi esclarecido.

Os pais da garota ainda consternados e transtornados com o desaparecimento da filha, procuram manter a chama da justiça acesa e não deixam de se manifestarem na imprensa e nas redes sociais, pedindo clemencia, pedindo justiça.
Até quando?

(Vinicius de Santana)

Nenhum comentário:

max ferro

max ferro
,

ebs serviços

ebs serviços
aluguel de maquinas

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS

MEU OLHAR VALE MAIS DO QUE MIL PALAVRAS
87 9965 4353