domingo, 23 de novembro de 2014

Projeto ajuda parentes de dependentes químicos a lidarem com o vício

Quando uma pessoa se torna dependente de drogas é muito comum que a família toda sofra as consequências desse envolvimento e adoeça junto. É uma relação hoje chamada de codependência, que muitas vezes precisa de atenção profissional.

Pensando nesta relação, a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania do Distrito Federal (Sejus-DF), por meio do projeto Ame, mas não sofra! promoveu esta semana Curso de Multiplicadores de Ações de Apoio às Famílias de Dependentes Químicos.
Coordenadora do curso de multiplicadores Ações de Apoio às Famílias de Dependentes Químicos, Gianni Puglis
Coordenadora do projeto Ame, mas não sofra!, Gianni PuglisiImagem Fábio Pozzebom/Agência Brasil

Segundo a coordenadora do projeto, Gianni Puglisi, é comum os pais colaborarem com o vício pensando que estão ajudando. “A família acha que está colaborando com a recuperação, quando na verdade está atrasando. Por exemplo: há mães que pagam dívidas dos filhos com traficantes ou outras que vão à boca [de fumo] comprar a droga porque acham o local perigoso para o filho, pais que dão dinheiro para o filho comprar droga, para que o dependente não roube. A família se torna facilitadora e isso é prejudicial para todos”, contou Gianni.

A coordenadora ressalta que a família deve entender que a dependência é uma doença que precisa de tratamento multidisciplinar. ”A gente tenta dar uma chacoalhada na família para ela perceber que esse processo [de deterioração da família] não é normal, que a família não deve se anular, mas sim procurar ajuda. A gente procura informar através de psiquiatras que a dependência é uma doença, mas a família insiste que o carinho, o amor e o grito vão resolver, mas o que resolve é o tratamento”.

Fernando José Wanderley, psicólogo e palestrante do evento, explica que a família deve seguir adiante, apesar do problema de dependência. “A ideia é ensinar a família a se desligar emocionalmente do problema, a ponto não de abandoná-lo, mas manter uma distância saudável para seu desenvolvimento. Segundo o especialista, se as pessoas que estão ao redor seguirem suas vidas, continuarem suas profissões, forem ao teatro, tiverem uma vida normal, eles terão força para ajudar o dependente quando ele realmente quiser tratamento. "Se o adicto não quiser parar ele não para, não adianta a família se voltar toda para ele, se anular".
Psicólogo Fernando José Wanderley
Psicólogo Fernando José Wanderley Fabio Pozzebom/Agência Brasil

O especialista fala em "terapia da realidade", mostrar que o dependente tem apoio se ele quiser, mas que ele precisa querer sair da situação. Wanderley reconhece que na maioria das vezes não é fácil para a família se distanciar, mas ela deve fazer isso por etapas, "vivendo um dia de cada vez".

Maria do Socorro Rodrigues emagreceu 7 quilos quando descobriu por meio da escola do filho que ele estava usando drogas aos 16 anos. “Foi um choque. Eu não sabia o que fazer”. A aposentada conta que o filho já tentou tratamento várias vezes e hoje, aos 32 anos, está novamente se tratando. Aos poucos ela aprendeu a lidar melhor com o problema seguindo sua vida adiante.

“Quando ele, já depois dos 20 anos, ameaçou ir embora de casa eu disse que a porta estava aberta para ele ir embora e para voltar quando quisesse. Ele acabou não indo”, relembra. Hoje Maria do Socorro participa do curso para aprender a lidar com a situação e também passar informações para o grupo da igreja onde ajuda dependentes e parentes. “Com o curso eu pude ver que a culpa de meu filho se drogar não foi minha. A gente acabe se sentindo culpada, mas não é”.
Fátima Pereira, assistente social (Fabio Pozzebom/Agência Brasil)
Fátima Pereira, assistente social (Fabio Pozzebom/Agência Brasil) Fábio Pozzebom/Agência Brasil

Já Fátima Pereira foi para o curso por interesse profissional. “Como assistente social da área de saúde já vi muitas famílias se desestruturarem por causa da dependência. O mais difícil é mover a família a pedir ajuda, mas ela também precisa de tratamento”, ressaltou.

Fátima conta que já viu famílias perderem todo o patrimônio, tanto no tratamento de um dependente quanto com a falta de conhecimento de como dar limites a ele.

O projeto Ame, mas não sofra! tem quase um ano e atende parentes de dependentes na sede da Sejus-DF ou por meio do telefone (61) 2104 1868, identificando as necessidades da família e encaminhando para o atendimento de saúde, se necessário. Entre as pessoas que procuraram o atendimento neste primeiro ano de funcionamento, 80% são mulheres e metade destas mulheres, são mães de dependentes.

Seleção do IFPE oferece 337 vagas para tutores a distância



Termina hoje domingo (23) o prazo de inscrições da seleção de tutores a distância para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE) . São oferecidas 337 vagas, além de formação de cadastro de reserva. Interessados podem se inscrever atravésdeste link, no qual também é possível conferir o edital que regulamenta o processo seletivo.

O candidato deverá preencher o formulário informando dados pessoais, formação acadêmica, titulação e atuação profissional, além de pagar a taxa de inscrição (R$30) em qualquer agência do Banco do Brasil. O pagamento deve ser efetuado até quarta (26).

Na primeira fase da seleção, o candidato vai obter uma classificação mediante a pontuação gerada a partir das informações que constarem no formulário de inscrição. Na segunda, todos os inscritos serão convocados para a prova objetiva. Entre 10 e 14 de dezembro, os inscritos poderão retirar seu cartão de inscrição neste site, link EAD, no qual será informado o local da prova , marcada para 14 de dezembro.

O edital prevê oportunidades de atuação em componentes curriculares de cursos técnicos (alimentação escolar, infraestrutura escolar, sistemas de energia renovável, manutenção automotiva, informática para internet e manutenção e suporte em informática), superiores (licenciatura em matemática, licenciatura em geografia e tecnologia em gestão ambiental) e pós-graduação (especializações em gestão pública, em ensino de ciências e em ensino da matemática no ensino médio), todos ofertados na modalidade Educação a Distância.

O resultado final deve ser divulgado em 22 de dezembro. Selecionados vão receber bolsa mensal de R$ 765 e deverão desempenhar atividades que vão auxiliar o professor-formador no desenvolvimento de atividades didático-pedagógicas, mediar a interação entre o estudante e o professor e participar de aulas e avaliações de aprendizagem nos polos de apoio presencial.

A seleção terá validade de dois anos, prorrogáveis uma vez por igual período a critério da Diretoria de Educação a Distância do IFPE.

sábado, 22 de novembro de 2014

SEU LUNGA EM: A IMAGEM E O TEMPO

 
Na imagem e o tempo de hoje apresento um registro gratificante para meus arquivos e principalmente a alegria em poder acompanhar alguns momentos o carinho que a sociedade demonstrava ao chega próximo do mito cearense.
 
Acredite se quiser mais a imagem foi fotografada em 01 de abril de 2012, quando visitando a terra do Padre Cícero no Juazeiro Norte/CE, resolvi conhecer pessoalmente essa Cultura Viva cearense Seu Lunga, diferentemente do que divulgam sendo o homem mais ignorante, não foi bem o que presenciei, o que faz ser aparentemente ignorante são perguntas sem fundamento.

Seu Lunga, figura folclórica e real de Juazeiro do Norte

Dizem que Seu Lunga é o cabra mais ignorante do mundo. Ele não tem muita paciência com nada. Aqui no Nordeste, sua fama se espalha devido a histórias como essas: 

"Seu Lunga entrando em uma loja:
- Tem veneno pra rato?
- Tem! Vai levar? - Pergunta o balconista.
- Não, vou trazer os ratos pra comer aqui!!! - responde seu Lunga."

"Seu Lunga resolve andar um pouco e sai com seu chapéu grande e antigo. Durante sua caminhada ele resolve coçar a cabeça sem tirar o chapéu, então uma conhecida dele pergunta:
-Oxe seu Lunga, num tira o chapéu pra coçar o cabelo não é?
Seu Lunga então responde:
-E a senhorita tira a calcinha pra coçar o tabaco?"


"Seu Lunga vinha chegando em sua casa com 1 litro de leite, quando uma pessoa perguntou:
-Seu Lunga, vai tomar um leitinho?
-Não, é pra lavar a calçada - Ele pegou, e jogou o leite na calçada."

"Seu Lunga tava cortando uns limões, quando passa sua mulher e pergunta:
-Esse limão é pra fazer suco?
-Não, é pra eu usar de colírio!"

"Seu Lunga estava chupando limão, quando cai um pouco no olho, quando passa alguém e pergunta:
-Ardeu, Seu Lunga?
-Não, mas vai arder é agora – Disse espremendo limão nos olhos."

"Seu Lunga estava na sua casa com sede. E manda seu sobrinho lhe trazer um pouco de leite. Daí o pobre do garoto pergunta:
-No copo Seu Lunga?
E seu Lunga responde - Não. Bota no chão vem empurrando com o rodo, fi de rapariga!!!"


"Seu Lunga estava passeando na calçada com o cachorrinho. E lhe perguntam:
- Passeando com o cachorrinho Seu Lunga???
E Seu Lunga respondeu - Não. É meu passarinho - pegando o pobre podle pela coleira e fazendo ele voar."


"O funcionário do banco veio avisar:
- Seu Lunga, a promissória venceu.
- Meu filho, pra mim podia ter perdido ou empatado. Não torço por nenhuma promissória."

"Um sujeito até a loja do Seu Lunga e pediu uma porca de determinado tamanho, seu Lunga respondeu:
- Procure naquela caixa.
E o sujeito começou a procurar e no meio de tantas peças nada de ele conseguir achar a porca que ele queria, então exausto falou para Seu Lunga:
- Seu Lunga, não consegui achar a porca...
Indignado, Seu Lunga foi até a caixa, procurou a tal porca e a achou, então virou-se para o rapaz e respondeu:
- Eu não te disse que a porca tava aqui fi duma égua!!! - e jogando a porca novamente na caixa e misturando com as outras peças diz - agora procura de novo direito que você acha!!!"

"O filho do Seu Lunga jogava futebol em um clube local, e um dia Seu Lunga foi assistir a um jogo de seu filho no estádio, e o sujeito sentado ao lado pergunta:
- Seu Lunga, qual dos jogadores ali é o seu filho.
Seu Lunga aponta e diz:
- É aquele ali...
- Aquele qual?
- Aquele ali!!!!
- Não tô vendo...
Então Seu Lunga "P" da vida pega uma pedra, joga em cima de seu filho e diz:
- É aquele alí que começou a chorar!!!"


"Seu Lunga, quando jovem, se apresentou à marinha para a entrevista:
Você sabe nadar? Pergunta o oficial.
-Sei não senhor.
-Mas se não sabe nadar, como é que quer servir à marinha?
-Quer dizer que se eu fosse pra aeronáutica, tinha que saber voar!!"

"Seu Lunga vai saindo da farmácia, quando alguém pergunta:
Ta doente, seu Lunga?
- Quer dizer que seu fosse saindo do cemitério eu tava morto!!!"

"Entra um sujeito na sucata de Seu Lunga, escolhe um relógio um pouco velho e pergunta:
- Seu Lunga, esse relógio presta pra tomar banho?
- Eu prefiro um sabonete – Responde Seu Lunga."


"Seu Lunga andava com sua bota com par de esporas. Quando um amigo seu pergunta - e esse par de esporar?
Seu Lunga responde: - pra caçar rato! O rapaz pergunta, como?
Seu Lunga diz: - primeiro você põe um queijo no c... e quando o rato vier, você chuta de calcanhar o rato com as esporas.

A Pescaria:
Seu Lunga sai de casa com a vara de pescar e um cestinho em direção a lagoa quando seu vizinho passa e fala:
- Indo pescar Seu Lunga? E seu Lunga responde:
- Não to indo jogar porrinha (quebrando em palitinhos a vara de pescar). 


Cultura no Cariri)

‘Seu Lunga’ morre aos 87 anos em Barbalha, no Ceará

imagem1 

Joaquim Santos Rodrigues, o “Seu Lunga”, morreu por volta das 9 horas deste sábado (22) na cidade de Barbalha, no Cariri cearense. O sepultamento será neste domingo no Cemitério do Socorro, em Juazeiro do Norte.

O cearense é um dos mais folclóricos nomes da cultura popular nordestina. Tornou-se personagem de inúmeras anedotas por suas respostas ao ”pé da letra”, diretas e intempestivas.

Pai de 13 filhos, natural do Cariri, da cidade de Caririaçu, “Seu Lunga” viveu em Assaré e, desde a adolescência, em Juazeiro do Norte. Ele Tinha 87 anos e estava internado no Hospital São Vicente de Paulo há três, por causa de um câncer de esôfago. (G1/Blog Banana)

PE retoma seu espaço

Coluna do sabadão
A escolha do senador Armando Monteiro Neto para o Ministério do Desenvolvimento, antecipada ontem por este blogueiro, devolve a Pernambuco um status diferenciado no Governo Federal.
Na era petista, o Estado contou, inicialmente, com o Ministério da Saúde (Humberto Costa), depois Ciência e Tecnologia (Eduardo Campos), Relações Institucionais (José Múcio Monteiro) e, recentemente, Integração Nacional (Fernando Bezerra Coelho).
Político de envergadura nacional, tendo se projetado depois de presidir por dois mandatos a poderosa CNI (Confederação Nacional da Indústria), Armando tem tudo para fazer um excelente trabalho. A pasta se encaixa ao seu perfil.
Sua atuação no Congresso, na passagem pela Câmara dos Deputados e depois no Senado, foi concentrada essencialmente na área econômica, sendo uma voz combativa e respeitada na CAE (Comissão de Assuntos Econômicos do Senado), por onde deriva a pauta da conjuntura econômica do País.
Com trânsito no empresariado nacional, Armando alia ao perfil econômico a sua experiência no campo da política. Conhece os meandros do Congresso, tem trânsito e respeitabilidade em todos as correntes partidárias, ajudando a presidente Dilma, consequentemente, na interlocução com a base governista no Congresso.
Quanto a Pernambuco, o fato de ter perdido a eleição para governador não pode ser interpretado o convite de Dilma como uma provocação à coligação vencedora, encabeçada pelo governador socialista Paulo Câmara. Armando está acima disso.
Se Dilma recorreu a ele para tocar uma área tão estratégia sabe que dará certo, porque, além de preparado, o senador é competente. E deu demonstrações disso por onde passou, principalmente no comando da CNI.
FAMÍLIA MONTEIRO Para o marqueteiro Marcelo Teixeira, da Makplan, é enaltecedor para a família Monteiro, com a ida de Armando para o Desenvolvimento, entrar para a história do Brasil de ter servido a três Governos: Armando Monteiro, o pai, Agricultura de Jango; José Múcio Monteiro, de Lula, Relações Institucionais; e agora o senador no Governo Dilma. “Nenhuma família política conseguiu igual marca no País”, afirmou.
Caruaru no poder Com a ascensão de Armando Monteiro Neto para o primeiro escalão federal, Caruaru ganha um senador: o empresário Douglas Cintra, suplente, que assumiu o mandato durante a campanha do trabalhista para o Governo de Pernambuco.

O latifúndio de Armando– Na estrutura do Ministério do Desenvolvimento Econômico, que Armando passa a pilotar a partir de janeiro no segundo mandato de Dilma, tem como destaque o BNDES. Mas ele passa a gerir também a Zona Franca de Manaus, o Inmetro e a Apex, além da ABDI – Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial.
O chamado– Armando estava no Recife, na última quinta-feira, quando recebeu um telefonema da presidente Dilma para voltar a Brasília, de onde havia chegado no dia anterior. Pegou um voo na mesma noite e ontem pela manhã, numa conversa com a presidente e o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, bateu o martelo para a pasta de Desenvolvimento. 
(Magno Martins)

Bom exemplo de gestão


O prefeito de Petrolândia, Lourival Simões (PR), é uma das raras exceções no Estado de quem fez bem o dever de casa nas finanças: já pagou a segunda parcela do 13º salário e o salário de novembro, injetando na economia do município mais de R$ 2 milhões. Enquanto isso tem prefeito por aí sem caixa para manter sequer em dia a folha de pessoal. 
(Magno Martins)

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Deputado 'mais rico do Brasil' diz ser pobre e pede para não pagar R$ 910

Do G1 PR
Alfredo Kaefer (PMDB-PR) foi eleito para o terceiro mandato com 82.554 votos (Foto: Leonardo Prado / Agência Câmara)
Alfredo alegou não ter recursos financeiros para
pagar custas do processo no valor de R$ 910
(Foto: Leonardo Prado / Agência Câmara/Blog Santa Cruz 24H)
A Justiça negou o pedido de benefício de assistência judiciária integral e gratuita feito pelo deputado federal Alfredo Kaefer (PSDB). O deputado estava respondendo a um processo judicial, foi condenado em primeira instância, e deve arcar com todos os custos do processo que inclui, por exemplo, o pagamento de honorários dos advogados das partes envolvidas. Contudo, Kaefer, o deputado federal mais rico eleito em 2014, disse à Justiça que não tem como pagar as custas, no valor de R$ 910.

De acordo com a decisão publicada na quarta-feira (19), o deputado não se manifestou dentro do prazo estabelecido e também não comprovou que o pagamento das custas causaria desequilíbrio financeiro ou atingiria a manutenção das necessidades da família.

A juíza da 4ª Vara Cível de Cascavel, no oeste do Paraná, Gabrielle Britto de Oliveira, indeferiu o pedido afirmando que Kaefer usou de má fé, já que ele é um dos proprietários de uma empresa frigorífica com filiais em vários estados. “Não é crível que o embargante [Alfredo Kaefer], com patrimônio declarado de mais de 100 milhões de reais, teria sua situação financeira abalada pelo pagamento das custas do processo. Seria, no mínimo, total falta de bom senso acreditar nisso”, escreveu.

Na decisão, a juíza aponta que "a fim de justificar o requerimento para concessão do benefício, o embargante alega que, na condição de avalista dos contratos de sua empresa, vem sofrendo diversas cobranças judiciais tendo que arcar com muitas custas processuais. Aduz, ainda, que a única renda que obtém é a do cargo público que ocupa e que o pagamento destas custas importaria em um desiquilíbrio financeiro que atingiria a manutenção das necessidades da família". De acordo com a Câmara dos Deputados, a remuneração mensal bruta dos deputados federais é de R$ 26.723,13.

Kaefer tem o prazo de dez dias após o recebimento da notificação para pagar as custas. Segundo a juíza, por ter usado de má fé, o valor das despesas foi multiplicado em  dez vezes. O deputado terá, portanto, de pagar R$ 9,1 mil para dar seguimento à defesa do processo. O G1 entrou em contato com Kaefer, mas ele disse não ter sido notificado sobre a decisão.

Dilma escala seu time na área econômica

 
Conforme adiantou o 247, presidente Dilma Rousseff anunciará Joaquim Levy, ex-secretário do Tesouro, como novo ministro da Fazenda no lugar de Guido Mantega, e Nelson Barbosa, ex-secretário-executivo da Fazenda, como titular do Planejamento; Alexandre Tombini permanece no Banco Central; senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) vai para o ministério da Agricultura e o senador Armando Monteiro (PTB-PB) para o Desenvolvimento; expectativa era de que nomes fossem anunciados nesta sexta-feira, após o fechamento do pregão, mas segundo a Secretaria de Comunicação da Presidência, anúncio foi adiado; Bolsa sobe 5% e tem maior alta em três anos; Petrobras dispara quase 12%.

Operação da Compesa encontra desvios ilegais no Sistema Adutor do Sertão

agua

Mais uma ação de fiscalização do Sistema Adutor do Sertão foi realizada na última semana, como parte da Operação Água Legal. Entre os dias 12 e 16 de novembro, a equipe da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), acompanhada pela Companhia Independente de Operações e Sobrevivência na Área de Caatinga (CIOSAC), realizou buscas por ligações clandestinas no sistema, no município de Cabrobó, no Sertão Central.

Nessa ação, treze desvios clandestinos de água foram encontrados em trechos da adutora, entre Cabrobó e a Serra de Monte Santo, no mesmo município. “Quando observamos a redução de vazão na chegada das Estações de Tratamento de Água (ETAs), solicitamos apoio policial para fiscalização nos trechos de difícil acesso das adutoras. Os desvios são utilizados para irrigação de culturas diversas, acarretando déficit na produção de todo o sistema de abastecimento d’água”, explicou o gerente Regional do Sertão Central, Januário Nunes.

Atualmente, a Adutora do Sertão possui uma vazão de 310 litros por segundo na chegada da Estação Elevatória de Monte Santo. O sistema é responsável pelo bombeamento d‘água para distribuição nos municípios de Salgueiro, Serrita, Terra Nova e Verdejante, atendendo cerca de 105 mil habitantes. A Operação Água Legal, que teve início em 2012, com o objetivo de fiscalizar e suprimir desvios clandestinos de água no Sertão do estado, até o momento encontrou e corrigiu 151 irregularidades no Sistema Adutor do Sertão.
Farol de Noticias

agua 2

Ausência de vereadores na Câmara de Santa Cruz, verdade ou ficção? E agora, quem errou?



Câmara de Santa Cruz 19/11/2014  - Foto: Edson Miranda


Em meio a ofensas, desencontro e o poder, grupo de situação dos vereadores de Santa Cruz no Sertão do Araripe, não se entenderam ate o momento, a novela tem seu ultimo capitulo ate 31 de dezembro quando se encerrará a gestão da presidência do vereador Zé Neildo.  


Na ultima quarta (19) mais um fato lamentável e vergonhoso dos representantes do povo na “PRINCESINHA”, se não bastasse o vexame ocorrido dia (12) ultimo, quando a sessão da câmara foi realizada na calçada pelos cinco parlamentares (Luciano Nunes (PSB), Ednarte Siqueira, Telvando Soares, Clemildo Souza e Maria Solidade ambos PR), devido questões internas dos vereadores de situação na disputa pela gestão para o biênio 2015/2016, o curioso aconteceu.
Câmara de Santa Cruz 12/11/2014  - Foto: Edson Miranda

Dos nove vereadores somente o Presidente da Câmara Zé Neildo, Jaesio Rodrigues, José Ion, ambos PR (candidato a presidente da Câmara para o próximo biênio 2015/2016) e o único vereador de oposição aos dois grupos Dr. Carlos Romeiro, estiveram na noite da última quarta para realização da sessão, sendo cancelada por falta de quórum. 


Dr. Carlos classificou os faltosos como “vergonha do que fizeram ou é medo de encararem a população” colocou em sua pagina em rede social, acrescentado que os mesmos devem uma explicação ao plenário da casa e a cidade de Santa Cruz, e lembrou que o vereador Luciano tem a obrigação de falar sobre a reunião secreta, caso abordado pelo presidente Zé Neildo ao desafiar na rádio Local. Carlos chama atenção da população para os indícios de enriquecimentos dos seus representantes, esclarecendo que com os salários baixos não da para crescer o Patrimônio.

Por Gerisvan Tavares/Blog Santa Cruz 24H

Confira a cobertura do primeiro dia da I Semana Cultural de Línguas Estrangeiras do campus Ouricuri‏

 
Teve início, na manhã desta quinta (20), a I Semana Cultural de Línguas Estrangeiras no campus Ouricuri do IF Sertão – PE. No primeiro dia do evento, ocorreram apresentações de músicas em inglês e espanhol, dentre elas, Hey, Soul Sister da banda norte-americana Train e da música La Bamba de Ritchie Vallens.

Também houve uma exposição de curiosidades sobre a Língua Inglesa, Hawaii e o Flamenco, além disso, os alunos do Ensino Médio Integrado realizaram uma exposição em referência à culinária dos países de língua inglesa e espanhola, por exemplo, a Tortilla Espanhola, Churros com chocolate e  Leche Merengada (Espanha), Cup Cake, Brownie e Hot Dog de Massa Folhada ( Estados Unidos) e o Irish Breakfast (Irlanda).

Um dos organizadores da Semana Cultural de Línguas Estrangeiras, o docente de Inglês do Campus Ouricuri do IF Sertão – PE, Ênio Tavares, avaliou o primeiro dia do evento um sucesso. “Atingimos o objetivo que é aproximar a cultura das nações de língua inglesa e espanhola dos alunos e também pudemos passar novos vocabulários de uma forma lúdica”, disse o professor de Inglês. Além de Ênio, os docentes Emly Uchôa, Edgar Ângelo e Ednaldo Feijó estão na organização da primeira Semana Cultural.
 
Confira a programação de hoje!

SEXTA-FEIRA, 21 de novembro de 2014

8:40 – 8:50 INFO2012 - ING (Carla) Música
9:00 – 9:10 AGRO2012 - ESP (Generson) Música
9:20 – 9:30 INFO2013 - ING (Adriana) Música
9:40 – 9:50 EDIF2012 - ING (Mª Aparecida) CURIOSIDADES - AUSTRALIA
10:00 – 10:10 EDIF2012 - ING (Emerson) CURIOSIDADES - CANADA
10:20 – 10:30 INFO2012 - ESP (José Higor) CURIOSIDADES - ESPANHA
10:40 – 10:50 INFO2014 - ING (Douglas) Teatro de fantoches
11:00 – 11:10 INFO 2013 - ING (Jonas) Música
11:20 – 11:30 INFO2013 - ING (Adriana) Música
11:40 – 11:50 AGRO2012 - ING (Generson) Música

12:00 – 12:30 CULINÁRIA
EDIF2012 - ING (Leonardo)
INFO2011 - ESP (Camilla)
AGRO2012 - ING (Raíssa)
AGRO2012 - ING (Constantina)
EDIF2012 - ESP (Ricaelly)
INFO2012 - ESP (Larissa)
EDIF2013 ING (Nathália)
INFO2014 ING (Maria Eduarda)
INFO 2012 ESP (Dáquila)

Felipe Piauilino






Agricultores aproveitam a chuva para voltar a plantar em Afrânio, PE

Agricultores da Afrânio aproveitam a chuva para plantar (Foto: Reprodução/ TV Grande Rio)
Agricultores da Afrânio aproveitam a chuva para
plantar (Foto: Reprodução/ TV Grande Rio)
Agricultores de Afrânio, no Sertão pernambucano, comemoram a chuva registrada nesta semana. Nas áreas de sequeiro, a terra molhada foi o suficiente para que eles começassem a plantar.
Nas estradas de acesso às comunidades rurais poças de lama são encontradas, a caatinga mais verde e, aos poucos, os açudes começam a encher. No município foram registrados 80 milímetros de chuva, quase o dobro da média histórica para o mês de novembro.
De acordo com os meteorologistas, a estação chuvosa no Sertão do estado costuma ser no início do mês de janeiro. Mas, de acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Climas (APAC), o principal motivo desse adiantamento é a influência do aumento no aquecimento da superfície do mar.
G1 Petrolina

Jovem é enterrado ao som do cantor Pablo no interior do Ceará



(Foto: Portal Serrita)
"Estou indo embora agora, por favor não implora, porque Homem não chora". Foi ao som do cantor baiano Pablo, que um rapaz de 18 anos se despediu deste mundo e foi enterrado na terça-feira (11), no cemitério municipal de Caririaçu, cidade cearense distante 371 quilômetros de Mossoró e 503 de Fortaleza.

O cortejo fúnebre ao som da música "Porque homem não chora", fenômeno atual nas rádios, teria sido um dos últimos desejos em vida de Isael Pereira de Freitas. A cena inusitada chamou a atenção de curiosos que chegaram a gravar um vídeo - clique aqui para assistir.

A música era tocada em uma moto-som volante que acompanhava a passagem do caixão pelas principais ruas do município com destino ao cemitério local.

A funerária responsável pelo cortejo afirmou que homenagens em geral, como a feita para Isael, ficam sob responsabilidade dos familiares e que não interfere na forma como são feitas.

Reflexo de luto
Embora curiosa, a professora Gisele Sucupira, da Universidade de Fortaleza, pós-graduada em tanatologia (estudo sobre a morte), afirma que a homenagem é uma forma de luto. "Estamos acostumados a ver sofrimento quando falamos de luto. Por isso, quando ouvimos uma música alegre tocando, achamos que a família não está sofrendo. É um engano! A morte de um ente nos causa muita dor. E cumprir um desejo, é uma maneira dolorosa de fechar um ciclo, de reconhecer que está acabando", diz Gisele que complementa: "se não fosse feito, a família provavelmente sofreria pelo arrependimento de não ter realizado o pedido, mesmo sabendo que poderia", salienta.

Isael Pereira de Freitas foi morto a tiros nas imediações de uma pousada, na manhã da segunda-feira (10) no Centro de Caririaçu. A Polícia investiga o caso.

Fonte: Diário do Nordeste

Ex-jogador Oscar Schmidt é vaiado e xinga plateia em palestra em Caruaru



 O ex-jogador de basquete da Seleção Brasileira Oscar Schmidt, de 56 anos, foi vaiado durante palestra realizada no último domingo (16) em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Mais de dois mil alunos de uma faculdade particular do Interior pernambucano estiveram presentes no evento realizado em um shopping center da cidade. A palestra repercutiu negativamente nas redes sociais. O jogador foi alvo de críticas.

De acordo com Marcos Ferreira, aluno de educação física, que esteve na palestra, o ex-jogador foi "grosseiro com o público" e não estaria preparado para realizar palestras. "Nós tivemos que passar por momentos constrangedores. Ele começou a falar vários palavrões desnecessários, foi mal educado com as pessoas. As pessoas que foram para admirar e ouvir a história dele começaram a vaiar. Ninguém estava acreditando naquilo. Mais de 500 pessoas abandonaram a palestra antes da metade".


Ainda segundo Marcos, Oscar começou a ficar irritado por causa de uma falha no sistema de som do evento. "O microfone sem fio dele estava dando interferência e ficava fazendo um barulho. Ofereceram outro microfone para ele, mas ele disse que não usava aquele tipo porque era microfone de amador. Enfim, eu fui ver um exemplo, esperando levar ensinamentos para minha vida profissional, e saí com uma sensação terrível. Ele disse que sairia com uma má impressão de Caruaru, mas ele que destruiu tudo que nós pensávamos sobre o atleta".

Estudante postou indignação em rede social Estudante postou indignação em rede social Foto: Reprodução/Facebook.


A estudante de Letras Cybeli Oliveira também reclamou da condução da palestra. Ela fez um texto e publicou em uma rede social.  Segundo ela, "a palestra foi uma total baixaria, chamou vários palavrões, insultou e humilhou a plateia em todos os momentos, reclamava o tempo todo com as pessoas que estavam tirando fotos dele dizendo que estava ali para contar a história dele e não para ser fotografado, pois quem quisesse tirar foto dele poderia ir embora. […] Enfim, só presenciei apenas 15 min de palestra, pois eu e mais centenas de pessoas nos retiramos dali, pois esses poucos minutos foram o suficiente para transformar aquele momento de satisfação e de aprendizado em ódio. Pois em minutos aquele tão desejado palestrante nos mostrou pessoalmente o seu lado mal educado,torpe, grosso, sem escrúpulos".


A faculdade emitiu nota pedindo desculpas aos alunos que pagaram para assistir à palestra e lamentando o comportamento do ex-jogador. O departamento de marketing da unidade de ensino informou que a escolha de Oscar para ministrar a palestra foi baseada em outras ações feitas por ele em outras instituições de ensino e que "jamais se esperaria o tipo de comportamento adotado por ele diante do público". A equipe do NE10 Interior ligou diversas vezes para a assessoria de imprensa do ex-jogador, mas as ligações não foram atendidas

REVELAÇÃO NA HORA 3X4 - 10X15 - 13X18 - 15X20

REVELAÇÃO NA HORA  3X4 - 10X15 - 13X18 - 15X20
87 9965 4353